Por que é tão importante executar a gestão de vulnerabilidade na empresa?

Home Segurança
Por que é tão importante executar a gestão de vulnerabilidade na empresa?
gestão de vulnerabilidade

Por que é tão importante executar a gestão de vulnerabilidade na empresa?

A gestão da vulnerabilidade é um tema atual e muito relevante, já que muitas empresas tiveram prejuízos significativos em decorrência de ataques virtuais. Os cibercriminosos estão sempre em busca de oportunidades para ganhar dinheiro fácil e causar prejuízos aos empreendimentos. As ações dos hackers podem causar insatisfação do público e abalar a credibilidade do negócio.

Para evitar o vazamento de informações sigilosas e impedir que os dados de seus clientes, fornecedores e parceiros sejam expostos, é necessário investir em segurança de TI. Os gestores precisam compreender a importância de executar a gestão de vulnerabilidade na empresa e saber quais são os principais pontos a serem analisados.

Quer saber o que é e como funciona a gestão de vulnerabilidade para executá-la na empresa? Leia este post e tenha acesso às nossas dicas!

O que é e como funciona a gestão de vulnerabilidade?

A gestão da vulnerabilidade é um gerenciamento realizado mediante a aplicação de estratégias específicas para a proteção dos processos operacionais e a segurança dos dados da empresa. Os métodos são elaborados com o objetivo de fazer a identificação, correção e eliminação das possíveis falhas nos sistemas. Dessa forma, serão evitados diversos danos ao negócio.

O gerenciamento é realizado por profissionais especializados na área de Tecnologia da Informação e com experiência em cloud computing. Eles conseguem criar ambientes digitais praticamente livres de ameaças para as organizações para as quais trabalham. Esses colaboradores encontram os gargalos e as brechas, impedindo que os hackers invadam os sistemas e atrapalhem o crescimento da empresa.

Qual é a importância de executar a gestão de vulnerabilidade?

Executar a gestão de vulnerabilidade na empresa é muito importante para garantir o sucesso das operações. A administração preventiva maximiza a segurança em cloud, elimina os riscos e gera relatórios para que os gerentes estejam cientes das condições reais do negócio. Veja a seguir os principais motivos para fazer esse gerenciamento do sistema utilizado na empresa!

Controle de segurança

Com a gestão da vulnerabilidade, serão implantados vários mecanismos para proteger todas as áreas da organização. A transformação digital trouxe diversas mudanças, e com elas a necessidade de manter as aplicações atualizadas para garantir a proteção das informações confidenciais. A implementação de um controle de segurança tornou-se fundamental para lidar com vírus, spams, malwares, ransomwares etc.

Economia de tempo

A economia de tempo e recursos financeiros é uma das vantagens da gestão das vulnerabilidades. A equipe de TI poderá corrigir somente os itens que contêm falhas, em vez de conferir os relatórios tópico por tópico. Esses profissionais compreendem o impacto das brechas na segurança e conseguirão sanar os gargalos com maior agilidade.

Competitividade

As empresas que oferecem garantia de segurança ao seu público-alvo, fornecedores e parceiros ganham competitividade no mercado, atraem e fidelizam os clientes com mais facilidade. Por outro lado, os dados dos consumidores precisam ser protegidos para evitar o recebimento de multas e a aplicação de outras penalidades em função da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Redução de custos

A redução de custos é uma consequência da gestão das vulnerabilidades, tendo em vista que a prevenção sempre custa menos do que a correção das falhas. O gerenciamento preventivo oferece mais segurança ao sistema, protege os dados confidenciais e impede a responsabilização judicial em virtude de fraudes ou golpes realizados por pessoas mal-intencionadas.

Garantia de permanência dos clientes

A gestão das vulnerabilidades é uma das atividades que assegura a permanência dos clientes que já sabem reconhecer a importância da segurança da informação. Aliás, ela é um pré-requisito para quem pretende manter as empresas no mercado. As falhas abalam a imagem do negócio e destroem a sua credibilidade e a confiança das suas parcerias.

Correção de falhas

Contrate profissionais capacitados para realizar a gestão das vulnerabilidades e a correção das falhas que comprometem a segurança dos sistemas. Eles serão responsáveis por otimizar as aplicações em cloud e utilizarão as ferramentas adequadas para ter maior eficiência e eficácia. Uma equipe de colaboradores que realize o gerenciamento preventivo eliminará todos os perigos.

Quais são os pontos principais da gestão de vulnerabilidade?

O gerenciamento de vulnerabilidades tem diversos pontos importantes. Um deles é a necessidade de garantir a continuidade das operações enquanto a varredura é realizada e os riscos mitigados. O time especializado tomará todos os cuidados necessários para que a empresa continue operando e suas atividades jamais serão interrompidas. Observe abaixo outros benefícios desse tipo de gestão!

Definição dos responsáveis

Defina quais profissionais ficarão responsáveis pela gestão de vulnerabilidades, pois é preciso contar com uma equipe especialmente preparada para cuidar dessas questões. Separe os integrantes do time de TI e forneça ferramentas úteis para realizar os monitoramentos constantes dos sistemas. Invista em treinamentos ou contrate uma empresa especializada na área.

Mapeamento dos riscos

Realize o mapeamento dos riscos, pois essa é uma das principais tarefas da gestão de vulnerabilidades. Os ataques virtuais devem ser evitados, e isso somente será possível com um gerenciamento preventivo efetivo. Realize os testes de monitoramento, avalie a segurança dos sistemas e analise os relatórios obtidos pelo time especializado.

O mapeamento das possíveis ameaças vai preparar a equipe para agir antes que elas se concretizem. Crie uma lista com os ativos de TI e monte um banco de dados que possa ser utilizado pelos profissionais que farão a gestão das vulnerabilidades. Mantenha essas informações atualizadas, categorize os recursos e faça avaliações dos processos.

Produção de relatórios

Produza os seus relatórios constantemente e periodicamente para monitorar os perigos que poderão atingir as aplicações em cloud. Esses documentos servem para nortear a equipe de TI e apontar aos seus integrantes quais deverão ser os seus próximos passos. Eles conseguirão criar e aplicar estratégias eficientes para solucionar as falhas na segurança com bastante agilidade.

Análise de métricas

Fique atento às métricas de gestão de vulnerabilidades, indicadores de mitigação e baseline e tempo de detecção. Esses fatores são primordiais para o monitoramento das estratégias e a aplicação de inovações que se mostrem mais efetivas. Identifique quais são as métricas mais eficazes para a sua empresa e utilize-as para guiar o time de segurança.

Viu por que é tão importante executar a gestão de vulnerabilidade na empresa? Escute a equipe que faz esse gerenciamento e mantenha-se informado sobre os riscos que poderão prejudicar as atividades do negócio. Jamais deixe de decidir e fazer o que tiver que ser feito para manter a organização segura, realize reuniões, peça feedbacks e busque novas soluções.

Ainda tem dúvidas ou quer nos dar uma sugestão? Entre em contato conosco, pois temos experiência em soluções Cloud, gestão de ambientes, infraestrutura em tecnologia e muito mais!

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: