7 passos para sua empresa migrar para a nuvem

Home Google Cloud Platform
7 passos para sua empresa migrar para a nuvem

7 passos para sua empresa migrar para a nuvem

Se a sua empresa ainda não está na nuvem, pode ser preparar, pois ela logo vai estar. A utilização de serviços em nuvem já se mostrou uma forma eficiente e segura. Para exemplificar as vantagens financeiras, basta lembrar como grandes empresas estão economizando milhões de dólares ao mesmo tempo em que se tornam cada vez mais eficientes. Pequenos negócios estão conseguindo acesso a tecnologia de ponta com pouco investimento. No artigo de hoje, vamos falar sobre sete passos para a sua empresa migrar para a nuvem forma rápida e segura.

1. Saiba qual o tipo de nuvem é ideal para a sua empresa

Existem dois tipos: privado e público. Quando falamos sobre nuvem privada, setor de TI fica responsável por todo o trabalho, incluindo a segurança. Tente imaginar a sua empresa terceirizando boa parte do hardware e acessando ele através da web. Do outro lado temos a nuvem pública, onde uma empresa oferece uma estrutura pronta para que cada um possa utilizar.

Independente da modalidade escolhida, é fundamental que sejam adotadas práticas eficientes de segurança. Dentre elas podemos citar criptografia (onde seus dados são acessados apenas por quem tem privilégios para tal), backup, além de garantias em situações de falência ou venda, caso a provedora venha a enfrentar problemas no futuro.

2. Saiba quanto custa a Nuvem

Ela oferece um oceano de possibilidades, tornando importante uma análise por parte do cliente para saber o que está realmente comprando – se é algo que você vai utilizar. É possível fazer backup de dados, computação na nuvem (utilizar o poder de servidores remotos para trabalhos complexos), dentre outros. Como é tudo escalável – você paga apenas o que utilizar – é importante ficar de olho. Uma coisa você pode ter como certa: a economia é garantida.

3. Defina um navegador padrão

Com o seu negócio adotando a nuvem, é importante que toda a equipe utilize apenas um navegador. Pensando em compatibilidades, vamos utilizar o Chrome. Como ele é produzido pela Google, fica muito mais seguro utilizar os serviços da empresa, já que são ambos criados para trabalhar em conjunto.

4. Faça uma conta Google Apps for Work para sua empresa

Utilizar o Google Apps vai ajudar a migrar boa parte dos seus sistemas de produção e comunicação para a nuvem, lá você terá um excelente serviço de e-mail (com o nome da sua empresa), além de ferramentas como Google Calendar, o Drive para guardar seus documentos, o Google Docs para produzir textos, planilhas e apresentações, além do Hangouts para mensagens instantâneas e chamadas de vídeo. Tudo isso vai ajudar a desafogar a sua equipe de TI, que não mais vai precisar dedicar tempo e recursos para servidores internos.

5. Mude suas ferramentas de produção para a nuvem

Agora que suas ferramentas estão na nuvem, o próximo passo é mudar aplicações de produção utilizadas pelo seu negócio por outras disponíveis na nuvem. Praticamente todas as grandes soluções possuem programas semelhantes dentro da Chrome Store, basta verificar se há algo compatível com aquilo que a sua empresa utiliza.

6. Uma mudança de paradigmas

Como todo o processamento pesado do seu negócio migrou para a nuvem, não há mais a necessidade de investir em maquinário caro e que sofre desatualizações rapidamente. Pense em programas para oferecer aos seus colaboradores a modalidade BYOD (Bring Your Own Device ou traga o seu próprio equipamento). Junto de boas normas de segurança, é a forma mais prática e eficiente de se trabalhar.

7. Google Cloud Plataform

Depois que a conta está dentro dos serviços de nuvem da Google, você pode fazer uma série de atividades, como adicionar aplicativos além daqueles já integrados na plataforma. Mais e mais empresas estão providenciando suas soluções na nuvem, então são grandes as chances que softwares que atendem o seu negócio já estarem disponíveis nessa solução. Ficou curioso? Não se preocupe, pois empresas como a SantoDigital estão prontos para auxiliar na sua migração.

O que falta para a sua empresa migrar definitivamente para a nuvem? Ela pode estar deixando de fazer muita economia, além de otimizar os processos do dia a dia. 

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: