Migração para contêineres: por que o Migrate for Anthos é a melhor opção?

Home Cloud Computing
Migração para contêineres: por que o Migrate for Anthos é a melhor opção?
migracao-para-conteineres-migrate-for-anthos

Migração para contêineres: por que o Migrate for Anthos é a melhor opção?

A crescente importância da nuvem híbrida e dos ambientes multicloud está transformando todo o setor de computação, bem como a maneira como as empresas podem aproveitar a tecnologia para obter melhores resultados. Nesse sentido, a migração para contêineres tem sido uma estratégia altamente empregada, visto que confere a economia e a velocidade necessárias para impulsionar a inovação.

Em suma, o processo de conteinerização permite que as empresas possam migrar suas aplicações entre diferentes ambientes de nuvem de forma rápida e prática.

Isso, porque, o aplicativo “carrega” consigo todos os recursos computacionais para seu funcionamento. Ou seja, a aplicação não fica aprisionada a nenhuma infraestrutura específica, o que favorece a migração entre diferentes plataformas.

Apesar de ser uma estratégia moderna e eficaz, muitas empresas ainda encontram problemas para realizar a migração para contêineres de forma satisfatória. Isso acontece, geralmente, porque elas ainda empregam técnicas de refatoração manual, tornando o projeto de modernização demorado e caro.

Esse desafio pode ser superado aproveitando as tecnologias de conteinerização automatizada, como o Migrate for Anthos. A seguir, você poderá conhecer mais sobre essa ferramenta e descobrir por que ela é a melhor solução para realizar a migração para contêineres. Confira!

Por que a migração para contêineres é uma tendência?

Durante a última década, a transformação digital permitiu que as empresas mudassem de sistemas legados para sistemas virtuais. Isso leva à redução da infraestrutura local, pois várias máquinas virtuais podem ser executadas em um único equipamento, por exemplo.

Nesse processo de evolução, os contêineres foram elaborados e utilizados para diminuir o peso do desenvolvimento de aplicativos, pois eles se encaixam facilmente em qualquer infraestrutura.

Dentre os principais benefícios da migração para contêineres, vale destacar:

Complexidades reduzidas

O uso de contêineres remove as dependências dos provedores de serviços em nuvem e diminui as complexidades do manuseio das plataformas. Eles são como domínios compactos personalizados que suportam cada parte do aplicativo com um ambiente independente para execução.

Eficiência aprimorada

Devido a essa forma de otimização e distribuição, os aplicativos se tornam mais escaláveis ​​e independentes de ambientes.

Por exemplo, se houver uma demanda repentina por determinada aplicação, você pode provisionar contêineres extras para atender às novas necessidades de forma ágil e eficaz.

Segurança aprimorada

Os contêineres não apenas ajudam na migração, mas também servem como um roteiro para a modernização da TI, atualizando e modificando os aplicativos, aderindo às novas tendências, etc. Isso resulta na melhoria dos serviços de governança e segurança na nuvem.

O que é o Migrate for Anthos?

O Migrate for Anthos é uma plataforma de aplicativo de código aberto que permite que uma empresa modernize seus aplicativos existentes em ambientes híbridos ou com várias nuvens.

Essa é uma solução baseada em tecnologias de código aberto pioneiras do Google, incluindo Kubernetes, Istio e Knative, e, dentre outros benefícios, permite a consistência entre os ambientes locais e na nuvem.

Quando as cargas de trabalho são atualizadas para contêineres, os departamentos de TI podem eliminar a manutenção no nível do sistema operacional e os patches de segurança para VMs e automatizar as atualizações de política e segurança em escala.

O Migrate for Anthos fornece uma solução quase em tempo real para pegar uma VM existente e disponibilizá-la como um pod hospedado pelo Kubernetes com todos os valores associados à execução dos aplicativos em um cluster.

Quais os benefícios de realizar a migração para contêineres com o Migrate for Anthos?

A utilização do Migrate for Anthos tornou-se essencial no processo de migração para contêineres em função dos seguintes benefícios:

Personalização da jornada de migração

Historicamente, as empresas tinham apenas duas opções ao migrar cargas de trabalho locais para a nuvem: migrar primeiro e contêiner depois, ou contêiner primeiro e migrar depois.

Nenhuma das opções era particularmente atraente, especialmente para empresas com muitos aplicativos, visto que todos teriam que ser refatorados manualmente para suportar a migração para contêinere. 

O Migrate for Anthos trabalha junto com o Migrate for Compute Engine para dar liberdade de escolha às organizações.

Em vez de ter que abordar todas as suas cargas de trabalho na mesma estratégia de migração, as organizações agora têm a liberdade de personalizar sua jornada de transformação digital para atender às suas necessidades e prazos específicos. 

As VMs adequadas para a conteinerização podem ser atualizadas e migradas para o Google Kubernetes Engine (GKE). As demais podem ser transferidas para o Google Compute Engine (GCE).

Lembrando que as empresas continuam tendo a opção de migrar primeiro e realizar a conteinerização posteriormente.

Migrar e modernizar de uma só vez

O Migrate for Anthos combina migração e modernização em uma única etapa, removendo a complexidade ao fazer muito “trabalho pesado” nos bastidores.

Com apenas alguns cliques e sem a necessidade de reescrever o código ou outros processos manuais complexos, as VMs podem ser movidas de data centers locais, GCE ou outras nuvens diretamente para contêineres no GKE.

Isso torna a modernização uma opção realista mesmo para empresas com pequenas equipes de TI e, em alguns casos, para VMs que foram anteriormente consideradas “muito complicadas para atualizar”.

Aproveite os benefícios do GKE

O Kubernetes torna tudo associado à orquestração de contêineres mais fácil, com recursos como implementações e reversões automatizadas, escalonamento automático, monitoramento da integridade do serviço e gerenciamento declarativo.

Não à toa, essa solução é utilizada por 78% das empresas entrevistas na pesquisa Cloud Native Computing Foundation (CNCF).

No entanto, pode ser complicado para as empresas configurar, implantar e manter o Kubernetes por conta própria. 

O GKE, a solução Kubernetes totalmente gerenciada do Google, torna mais fácil para as empresas começarem a trabalhar com o Kubernetes imediatamente, sem a necessidade de instalar, gerenciar ou operar seus próprios clusters.

Os administradores de nuvem também podem tirar proveito dos recursos avançados de gerenciamento de cluster, como balanceamento de carga do Google Cloud Platform para instâncias do GCE, escalonamento automático das contagens de instâncias de nós dos clusters GKE, etc.

Agora você já sabe mais sobre a importância do processo de migração para contêineres e porque você deve considerar o Migrate for Anthos em sua estratégia.

Se você deseja saber como utilizar essa ferramenta para realizar sua migração, entre em contato com a SantoDigital. Nossos especialistas estão à disposição para ajudá-lo a migrar seus aplicativos para contêineres de forma rápida, econômica e segura!

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: