Confira o que você precisa saber sobre migração de VM’s ou Máquinas Virtuais

Home Cloud Computing
Confira o que você precisa saber sobre migração de VM’s ou Máquinas Virtuais
migracao-de-vms-ou-maquinas-virtuais

Confira o que você precisa saber sobre migração de VM’s ou Máquinas Virtuais

A migração de VM’s (Máquinas Virtuais) para a nuvem tem ajudado empresas de todos os tamanhos a mover seus aplicativos on-premise, como bancos de dados e outros recursos de TI para servidores remotos de maneira contínua, segura e econômica.

De forma resumida, isso ajuda as empresas a gerenciar o processo de ciclo de vida de desenvolvimento de software com mais eficiência oferecendo melhor escalabilidade, disponibilidade e implantação mais rápida de serviços. Além disso, em muitos casos, essa estratégia contribui para aumento da segurança e redução de custos nas organizações.

Mas, afinal, em que consiste a migração de VM’s? Quais os desafios e benefícios? As respostas para essas e outras perguntas você encontra a seguir!

O que é a migração de VM’s?

A migração de VM’s consiste na realocação física de uma máquina virtual, seus dados e recursos, do Data Center local para a nuvem.

Essa poderosa estratégia de gerenciamento dá às equipes de TI a capacidade de adaptar o posicionamento de VMs para melhor satisfazer os objetivos de desempenho. Além disso, a migração de VM’s ajuda a:

  • Melhorar a utilização de recursos;
  • Melhor gerenciamento de falhas;
  • Reduzir o consumo de energia;
  • Economizar em relação às licenças de hardware;
  • Facilitar as atividades de manutenção do sistema, dentre outros benefícios.

Por que adotar uma estratégia de migração de VM’s?

A virtualização, sem dúvida, é uma das principais estratégias de modernização de Data Center da atualidade. 

Em suma, essa tecnologia permite criar várias instâncias independentes em um mesmo hardware físico, possibilitando, por exemplo, a utilização de diferentes sistemas operacionais em uma mesma máquina, facilidade de manutenção, provisionamento de aplicativos, disponibilidade e recuperação conveniente, etc.

No entanto, implementar a virtualização em um Data Center legado não é o mesmo que um ambiente em nuvem.

Isso porque você ainda fica preso às limitações do hardware local, o que pode gerar problemas de armazenamento ou mesmo de funcionamento quando várias VM’s são executadas simultaneamente.

A migração de VM’s para a nuvem elimina essas limitações, uma vez que os recursos de computação são elásticos e oferecidos sob medida para as suas necessidades. 

Quais as vantagens da migração de máquinas virtuais?

Os benefícios de migrar suas máquinas virtuais para a nuvem incluem:

Economia: A migração para a nuvem permite que suas VM’s se adaptem às cargas de trabalho automaticamente. Assim, você garante o perfeito funcionamento de servidores, aplicações, etc. mesmo quando houver mudanças bruscas no volume de requisições.

Escalabilidade: Na nuvem, suas VM’s contam com escalabilidade ilimitada de recursos de computação, como processamento, armazenamento, etc.

Segurança aprimorada:  Ao migrar suas máquinas virtuais para a nuvem certa, você passa a ter seus dados e aplicações hospedados em um ambiente de TI que segue os mais altos padrões de segurança e que oferecem recursos avançados como criptografia de dados em trânsito e em repouso.

Alta disponibilidade: Com a migração de VM’s para nuvem, você passa a contar com altos índices de disponibilidade, garantidos por um Acordo de Nível de Serviço (SLA).

Manutenção de servidores: Um dos grandes desafios dos Data Center locais é efetuar a manutenção preventiva de servidores, visto que isso provoca a interrupção de diversos serviços. Para resolver esse problema, você pode migrar temporariamente suas VM’s para a nuvem. As melhores soluções, oferecem cobrança por segundo, sem qualquer custo inicial ou taxa de rescisão.

Melhoria de aplicações: Ao migrar suas máquinas virtuais para a nuvem, você pode aproveitar os recursos de conteinerização para desenvolver aplicações ou incorporar melhorias de forma rápida e segura.

Como migrar suas máquinas virtuais para a nuvem?

A migração de VM é um procedimento complexo, pois, muitas vezes, envolve uma série de dependências que precisam ser corretamente lastreadas para que todos os componentes estejam em perfeito funcionamento após sua conclusão. 

A crença enganosa de que as operações em nuvem são iguais às operações locais contribui para a simplificação excessiva de como as equipes de TI abordam as migrações. Isso pode levar a erros que acabam por atrasar as operações e aumentar os custos.

Portanto, a migração deve ser planejada por profissionais com conhecimento e experiência, capazes de definir estratégias sob medida para a sua empresa.

Vale lembrar que cada projeto possui desafios exclusivos, em grande parte, dependentes dos recursos da empresa, necessidades de negócios e recursos de TI.

Uma equipe especializada, pode ajudá-lo a definir as melhores opções de nuvem, as ferramentas corretas e a melhor estratégia para que suas VM’s sejam migradas de forma rápida e segura.

Se gostou do conteúdo de hoje sobre migração de VM’s, não deixe de ler o nosso outro artigo sobre virtualização de servidores! Se você deseja saber mais sobre a migração de VM’s ou se deseja planejar a sua migração, entre em contato com a SantoDigital agora mesmo. Contamos com um time de especialistas disponíveis para ajudá-lo no que for preciso!

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: