Entenda definitivamente o que é a virtualização de servidores

Home Cloud Computing
Entenda definitivamente o que é a virtualização de servidores

Entenda definitivamente o que é a virtualização de servidores

Muitas pessoas ainda confundem virtualização de servidores com Cloud Computing. De fato, elas possuem muitas semelhanças, mas no fundo, são bem distintas. Cada uma delas possuem seus próprios benefícios, mas ambas são consideradas excelentes estratégias para otimizar a utilização dos recursos de TI e, assim, reduzir custos.

Continue a leitura para entender de uma vez por todas o que é virtualização de servidores e quais as diferenças entre essa tecnologia e a Computação em Nuvem.

O que é virtualização de servidores?

A virtualização é uma tecnologia que permite criar vários ambientes simulados ou recursos dedicados, a partir de um único sistema físico. Seu software, chamado hypervisor, está diretamente conectado ao hardware e permite fragmentar esse sistema único em vários ambientes seguros separados.

Dessa forma, a virtualização de servidores tem ajudado a reduzir – ou mesmo eliminar – a dependência entre hardware e software. Ela permite que vários servidores virtuais sejam executados em um único servidor físico.

Logo, é possível obter melhor aproveitamento da capacidade de cada equipamento, eliminando a subutilização de recursos. Esse pool reduz o investimento em infraestrutura física e é uma fonte de economia.

Quais os benefícios da virtualização de servidores?

Como dito, a virtualização é uma ótima estratégia para redução de custos, uma vez que diminui a necessidade de compra de equipamentos ao executar diferentes serviços em um mesmo servidor físico.

No entanto, esse não é o único benefício. A tecnologia também permite executar vários sistemas operacionais e vários aplicativos que dependem desses sistemas operacionais em um único servidor. Essa possibilidade elimina a necessidade de instalar um sistema dedicado por computador ou servidor.

Em resumo, a técnica de virtualização oferece às empresas maior flexibilidade no uso de seus recursos existentes, trazendo economia e ampliando as possibilidades de uso de aplicações.

Qual a diferença entre virtualização e Cloud Computing?

Ao contrário da virtualização, a nuvem não é uma tecnologia, mas uma abordagem que combina várias tecnologias, incluindo a virtualização. Pode-se dizer, inclusive, que a Cloud Computing é um conceito trazido pela virtualização e de alguma forma derivado dele.

De forma mais objetiva, a nuvem consiste em um conjunto de princípios e abordagens destinadas a disponibilizar recursos de computação, aplicações, rede e armazenamento para os usuários. Ou seja, um pool de recursos virtuais orquestrados por software de gerenciamento e automação.

A grande vantagem é que os serviços oferecidos na nuvem podem ser dimensionados automaticamente e alocados dinamicamente, garantindo a alta disponibilidade e a escalabilidade dos recursos de computação.

A nuvem visa reunir ao máximo os recursos de hardware e software e fornece um ambiente único e coerente (multilocatário), mantido com o máximo de automação possível.

Portanto, é lógico que a base de sua infraestrutura de hardware dependa fortemente da virtualização, evitando intervenções manuais e favorecendo uma forte automação.

Nuvem e virtualização de servidores são, portanto, dois conceitos muito diferentes, mesmo que a nuvem utilize a virtualização como base de seu funcionamento.

Nuvem ou virtualização: qual devemos escolher?

Como a virtualização é um componente da nuvem, é claro, não se trata de escolher. Ambos maximizam os recursos de TI e, portanto, reduzem custos e aumentam a agilidade. No entanto, nuvem e virtualização de servidores não podem ser encarados como sinônimos.

A virtualização é uma tecnologia para criar várias instâncias virtuais dentro do mesmo hardware físico. A computação em nuvem, por outro lado, permite orquestrar facilmente a gestão desses organismos virtuais e transformar a entrega desses recursos em consumo faturáveis como serviço.

A virtualização, portanto, não é o coração do conceito de nuvem, mas parte integrante de sua operação. É nesse sentido que devemos entender a complementaridade entre esses dois conceitos.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre virtualização de servidores, aproveite para conhecer melhor as diferentes soluções de Cloud Computing.

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: