Afinal, o que é Big Data e como ele pode ajudar sua empresa? Entenda!

Home Big Data
Afinal, o que é Big Data e como ele pode ajudar sua empresa? Entenda!

Afinal, o que é Big Data e como ele pode ajudar sua empresa? Entenda!

Com a popularização dos dispositivos móveis, da internet das coisas, da computação em nuvem e o aumento da capacidade da internet, houve uma explosão na quantidade de dados criados no mundo. Mais do que informações aleatórias, esses dados, quando bem trabalhados, podem oferecer insights importantes para as empresas. Contudo, é necessário que os gestores entendam o que é Big Data e as suas principais vantagens.

Para ajudar você nessa missão é que fizemos este post. Nele, você entenderá um pouco mais sobre o conceito de Big Data e como ele ajuda as empresas em seu planejamento estratégico. Acompanhe!

Afinal, o que é Big Data?

O conceito de Big Data é bem abrangente, basicamente, ele engloba todos os dados estruturados ou não que estão sendo produzidos massivamente. Mas o foco não é somente a enorme quantidade de dados em si, mas também como podemos utilizá-los da melhor maneira.

Quando bem trabalhadas, de forma analítica, essas informações podem ajudar empresas, setores governamentais, pessoas e quem mais tiver interesse em obter insights preciosos.

É importante ficar claro que o Big Data está apoiado nos 5 Vs, sendo eles:

  • volume — que se refere à enorme quantidade de dados que necessitam de uma ferramenta para serem centralizados, estruturados e analisados;
  • velocidade — com as pessoas e objetos conectados 24 horas à web, a velocidade em que os dados estão sendo produzidos é cada vez maior;
  • variedade — esses dados são originados nas mais variadas fontes, desde redes sociais até os sensores das empresas e nos mais variados formatos: imagens, áudios, textos, vídeos etc;
  • veracidade — é necessário distinguir os dados verdadeiros dos falsos para não produzir indicadores errados, por exemplo;
  • valor — ninguém vai investir tempo, pessoas e ferramentas para analisar dados sem que eles tragam algum retorno, isto é, gerem valor.

Quais são aplicações práticas do Big Data nas empresas?

Agora que você já conhece o conceito de Big Data e os seus alicerces, é hora de entender como as empresas podem tirar valor dessa solução. Confira!

Identificação das tendências de mercado

O Big Data é a melhor fonte para as empresas identificarem as tendências de mercado, tanto em relação ao negócio em si, movimentações econômicas e crescimento, quanto comportamentais com a estimativa da aceitação de produtos ou serviços, antes mesmo de começar a produzi-los, o que gera um ganho muito significativo, já que reduz consideravelmente a margem de erro.

Tomada de decisões mais embasadas

As empresas que conseguem estruturar os dados, obtendo indicadores, relatórios e insights, terão muito mais base para tomar decisões acertadas. Essa análise refinada poderá ser aplicada em todos os setores da corporação: do TI, com análises preditivas sobre falhas e possíveis ataques, até o departamento pessoal, com recrutamento mais analítico.

Tudo isso garantindo otimização de tempo, economia de recursos e vantagem competitiva!

Criação de produtos e serviços mais eficientes

O novo consumidor está cada vez mais exigente, ele não quer ser apenas um comprador, está em busca de identificação com a marca, quer ter uma experiência e não apenas um produto.

Com as redes sociais, as empresas nunca estiveram tão próximas dos consumidores. Esse contato direto permite a aquisição de dados preciosos, que contribuem de maneira determinante para a criação de produtos e serviços que atendam as expectativas do consumidor.

Esperamos que após a leitura deste post você tenha entendido o que é Big Data e qual a sua importância. As empresas que souberem extrair as melhores oportunidades dentro da gama de dados produzidas no mundo darão um passo enorme rumo ao crescimento e à inovação.

Gostou do texto? Então continue em nosso blog e confira como as instituições de ensino estão se beneficiando com o uso do Big Data.

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: