Descubra como o Big Data pode melhorar suas vendas

Home Big Data
Descubra como o Big Data pode melhorar suas vendas

Descubra como o Big Data pode melhorar suas vendas

O Brasil possui mais de 100 milhões de internautas que geram dados a todo momento: cada clique, compra realizada, comentário deixado na web e check-ins, entre outras interações, revelam peculiaridades dos usuários que podem ser muito úteis para o marketing de uma empresa. Isso acontece porque, a partir dessas informações a respeito do seu público-alvo, é possível criar experiências de compra mais personalizadas. Assim, o Big Data pode melhorar suas vendas de forma escalável, direcionada e precisa.

O investimento em dados gera o conhecimento da sua audiência e seus padrões de consumo, permitindo mais eficiência tanto na venda e na precificação quanto em decisões estratégicas. Ficou interessado? Então entenda de vez como o Big Data pode melhorar suas vendas.

Saiba onde seus clientes estão

Ao conhecer a origem dos seus clientes, é possível direcionar sua estratégia e seu posicionamento nos meios em que eles mais se relacionam, produzem e buscam conteúdo. Faça isso evitando as “métricas de vaidade”, como o número de seguidores, postagens, comentários ou curtidas nas redes sociais: seu orçamento deve ser direcionado para KPIs concretos que realmente aumentem suas vendas!

Após o fim da ação, analise quantos leads foram convertidos nas redes sociais e tornaram-se clientes, quantos foram impactados por campanhas de e-mail marketing ou por landing pages e use esses dados como oportunidades de negócio.

Enxergue oportunidades

Utilizar os dados colhidos nas suas campanhas como oportunidades de atingir o seu público-alvo de forma direta é uma forma de gerenciar sua audiência, mantendo-a engajada com a sua marca mesmo após ter realizado a compra.

Esse relacionamento contínuo possibilita a criação de estratégias como o cross-selling — venda de produtos complementares ou que atendam ao mesmo perfil de público — e o up-selling — versões premium dos produtos que os clientes desejam adquirir.

Vamos a um exemplo prático? Se um cliente comprou um tênis de corrida, ele provavelmente precisará de meias, certo? Se você sabe qual é a renda média desse cliente, portanto, é possível oferecê-lo um produto mais caro, com mais qualidade e benefícios.

Isso significa utilizar o Big Data para um funil de vendas eficiente, aliando-o a ferramentas de automação que controlem esses processos e aumentem a competitividade da sua empresa. Por isso, trace uma estratégia eficaz de relacionamento com o cliente para que ele percorra todo o caminho da jornada de compra traçado pelo seu negócio.

Relacione-se de forma eficiente

A jornada de compra leva em conta 4 estágios: atração, conversão, fechamento e encantamento. Essa é a versão do inbound marketing para o funil de vendas do marketing.

Todas as estratégias de Data-Driven Marketing baseiam-se na noção de que apenas “vender as vantagens do seu produto” não é mais crucial na decisão de compra. Ou seja: para ser bem sucedida, a empresa deve ter a empatia e entender a dor do seu cliente, proporcionado conteúdo relevante para seu cotidiano.

A dica aqui é criar uma estratégia de relacionamento com seus leads e uma experiência de compra completa para seus clientes, nutrindo-os com conteúdos relevantes. Isso criará clientes fieis à sua marca.

Crie clientes fieis à sua marca

Big Data possibilita a geração de análises preditivas e cognitivas, traçando perfis de consumo dos seus clientes. Com essas informações, é possível direcionar suas estratégias de marketing e criar linhas de produtos mais inteligentes e eficientes, suprindo as necessidades do seu cliente e melhorando sua experiência de compra.

Um exemplo disso é a empresa Trigg, a nova Fintech do mercado brasileiro — a “irmã mais nova do Nubank”. A empresa descobriu que clientes não usam pontuações de programas de milhagens e criou o cashback: em vez de pontos, ela concede descontos na próxima fatura.

Entenda como o Big Data pode melhorar suas vendas

Como você viu, antes de iniciar uma ação é necessário estabelecer os objetivos principais que a sua empresa deseja atingir e não se ater às chamadas “métricas de vaidade”.

Personalize os dados coletados pelo Big Data e faça sua mensuração para aumentar as vendas e diminuir os custos. Lembre-se que o uso de tais dados com ferramentas de automação de marketing e CRM melhora a experiência de compra e aumenta a competitividade.

Essa tecnologia pode melhorar suas vendas de forma crescente, proporcionando eficiência em todas as ações e a certeza de um ROI mais alto. Invista em dados e aumente a competitividade e a receita da sua empresa!

Gostou dessas dicas? Então confira mais soluções de Big Data para melhorar suas vendas!

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: