Big data na educação: conheça 5 vantagens

Home Big Data
Big data na educação: conheça 5 vantagens

Big data na educação: conheça 5 vantagens

Softwares e ferramentas on-line têm sido cada vez mais usados em educação, dentro e fora da sala de aula. Isso causou um grande aumento na produção de dados, que podem agora ser analisados e aproveitados para melhorar o aprendizado, reter a atenção dos alunos e fornecer apoio a pesquisas pedagógicas. E esses são apenas alguns dos benefícios do big data na educação.

Neste artigo você vai conhecer 5 vantagens da aplicação do big data na educação e entenderá como isso faz a diferença em escolas e universidades. Confira!

1. Identificação dos padrões para melhorar notas

Por que o Brasil é tão mal avaliado no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, o Pisa? Pois é, o big data pode ajudar a descobrir essa resposta. Uma pesquisa liderada pelo economista Naercio Menezes Filho, professor na USP e no Insper, mostrou que o mau desempenho tem muito a ver com a gestão do tempo.

Os alunos têm dificuldade de se planejar e gastam muito tempo nas primeiras perguntas; a maioria não chega ao final da prova. Mas, como o Pisa é feito em duas etapas, a análise dos dados permitiu verificar que os brasileiros se dão melhor na segunda parte.

Assim, o big data permitiu enxergar que os alunos aprendem a administrar melhor o tempo entre uma prova e outra e, portanto, poderiam melhorar as notas na primeira parte desde que treinassem antes com provas parecidas. Imagine o que esse tipo de análise poderia fazer para cursinhos voltados para vestibulares e concursos.

2. Criação de plataformas de aprendizado personalizadas

O big data ajuda na criação de programas customizados para estudantes, com o chamado “blended learning” – mistura dos aprendizados on-line e offline.

Dessa forma, o aluno tem acesso a uma grande variedade de cursos on-line e pode assistir a vídeos e fazer atividades quando quiser, enquanto conta com um professor offline para orientá-lo. Algoritmos de recomendação semelhantes aos usados por Amazon e Netflix também podem sugerir conteúdos que aquele usuário vai achar interessante.

3. Integração ao contexto dos alunos (nativos digitais)

A atual geração de estudantes vive uma cultura de consumir conteúdo, onde e quando é mais conveniente, em vez de, por exemplo, aguardar o horário em que um seriado vai passar na TV.

O big data permite a criação de plataformas de aprendizado mais atraentes para eles. É possível monitorar as atividades dos alunos e mesmo alterar o texto e os conteúdos para aumentar a taxa de leitura ou cliques, exatamente como as empresas de marketing fazem hoje com a publicidade on-line.

4. Possibilidade de avaliação inteligente

Como as atividades digitais podem ser facilmente rastreadas, é possível medir as forças e fraquezas de um aluno, baseando-se na forma como ele navegou on-line, em quais questões respondeu, nas atividades realizadas etc. Isso permite fazer avaliações diferentes para cada perfil de aluno: alguns podem preferir gráficos e tabelas, enquanto outros preferem assistir a vídeos.

5. Diminuição da evasão

A criação de plataformas de aprendizado mais estimulantes e as notas melhores resultantes das aplicações do big data na educação já ajudam a reduzir a evasão. Mas o big data também pode preveni-la, ao detectar padrões no comportamento do aluno e indicar a probabilidade de evasão, depois de faltar a certo número de aulas ou provas. Com isso, a equipe pedagógica pode agir antes de o aluno sair.

Uma grande vantagem das aplicações do big data na educação é serem baseadas, desde o princípio, em métricas. Isso significa que elas podem ser planejadas, testadas e medidas, e esse ciclo pode se repetir em pouco tempo. Assim, a instituição de ensino pode verificar resultados e fazer ajustes ao longo do tempo.

Esperamos que este artigo sobre big data na educação tenha sido útil pra você. Entre em contato com a SantoDigital e vamos conversar sobre serviços de computação em nuvem para fazer a transformação digital da sua escola ou universidade.

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: