Como as instituições de ensino estão se beneficiando com o uso do Big Data

Home Big Data
Como as instituições de ensino estão se beneficiando com o uso do Big Data

Como as instituições de ensino estão se beneficiando com o uso do Big Data

Desde o seu surgimento e popularização, o Big Data tem sido utilizado por corporações de todos os tamanhos e setores. No entanto, novas instituições têm aproveitado o poder desse grande volume de dados, como é o caso da educação.

Com o avanço da tecnologia, o setor educacional tem buscado formas inéditas de interagir, consolidar conhecimento e gerar impactos positivos. Essa nova ferramenta, portanto, tem ganhado destaque.

A seguir, veja qual é o papel do Big Data na educação e entenda quais são os principais resultados obtidos.

Mudanças na didática

Uma das atuações mais importantes é que a análise de um grande conjunto de dados ajuda a identificar a um grupo de docentes a melhor maneira de ensinar .

É possível verificar, por exemplo, a metodologia ideal para cada turma ou nível de conhecimento, bem como os métodos de avaliação que refletem melhor o aprendizado. A partir disso, fica mais fácil elaborar um projeto pedagógico robusto, direcionado e que sirva para cumprir propósitos específicos.

Individualização no ensino

Como o Big Data na educação utiliza milhares ou milhões de dados, é comum achar que a atividade é genérica. No entanto, ela pode surtir um impacto que é o exato oposto e gerar personalização.

É possível reconhecer as necessidades de cada estudante, assim como identificar quais são as dificuldades pontuais. Cada aluno tem exigências específicas, então seria impossível atender a todos sem uma ferramenta do tipo. Graças ao Big Data, por outro lado, é possível agir de forma direcionada.

Redução da evasão estudantil

Antes de deixar a escola, um curso ou uma universidade, o aluno dá alguns indícios. A queda no desempenho, a perda de frequência e ocorrências atípicas demonstram que alguém está prestes a abandonar o curso. Com o Big Data na educação, esses padrões podem ser reconhecidos e até previstos. Assim, dá para agir de modo a evitar ou reverter a evasão escolar em seus vários âmbitos.

Benchmarking de desempenho

Outro benefício de utilizar o Big Data na educação é que fica mais fácil tratar grandes volumes de dados e cruzá-los de forma consistente. Isso significa, por exemplo, verificar como estudantes de turmas diferentes, mas do mesmo ano, apresentam seus desempenhos.

Também dá para fazer a comparação de maneira externa, como no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou de avaliações de cursos universitários. Isso permite entender em que pontos a instituição deve melhorar.

Favorecimento na gestão

Não é apenas dentro da sala de aula que há benefícios em recorrer ao Big Data. A própria gestão de uma instituição de ensino sai favorecida quando esses dados são utilizados da forma adequada.

A análise completa permite reconhecer padrões de inadimplência, movimentos ao longo dos semestres e outras informações importantes. Com a consolidação dos dados, eles podem ser utilizados para tomar decisões melhores e mais embasadas. Ao final, isso gera uma atuação competitiva e diferenciada.

O emprego de Big Data na educação vem favorecendo estudantes, professores e alunos. Para o futuro, a tendência é que o uso se torne cada vez mais forte e traga outras vantagens ainda maiores.

Aproveite para conhecer quais são os 5 maiores benefícios de uso do Big Data na área educacional.

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: