Business Intelligence e análise de dados: entenda como funciona essa relação

Home Managed Services
Business Intelligence e análise de dados: entenda como funciona essa relação
business intelligence e análise de dados

Business Intelligence e análise de dados: entenda como funciona essa relação

Para manter um negócio em funcionamento no complexo mercado atual, é preciso prever o futuro ou quase isso. Trata-se de entender probabilidades e relações causais para antecipar cenários e elaborar planos de contingência, ou evitar esses desdobramentos. Assim, soluções como Business Intelligence e análise de dados são fundamentais.

Esses conceitos se tornaram grandes aliadas dos gestores e das empresas. Mas se você ainda não implementou tecnologia de Business Intelligence e análise de dados na sua organização, não se preocupe. Neste artigo vamos te ajudar a colocá-las para funcionar. Confira!

O que é Business Intelligence? 

O termo Business Intelligence, ou BI, se refere ao uso de ferramentas tecnológicas para a mineração, coleta, consolidação, organização, tratamento, correlação, análise e apresentação de dados empresariais, gerando reflexões ou insights.

Seu objetivo é obter uma análise descritiva dessas informações. Com isso, torna-se possível criar uma visão completa sobre a situação da empresa e do mercado. Da mesma maneira, extrapolando dados históricos, é viável perceber a repetição de padrões anteriores no presente para, a partir disso, os gestores traçarem planos de ação futuros. 

De que maneira o Business Intelligence pode melhorar os resultados de uma empresa?

O Business Intelligence contribui para a melhor compreensão do ambiente de negócios, levando diversas áreas da empresa a obter vantagem competitiva devido às informações geradas por meio dele. Alguns exemplos de como isso afeta os resultados da organização são: 

  • identificação de tendências de mercado;
  • previsibilidade dos desdobramentos decorrentes das ações anteriores e atuais;
  • maior exatidão de probabilidades;
  • maior entendimento do comportamento dos clientes e das ações da concorrência;
  • maior percepção de oportunidades de mercado e de meios pelos quais é viável aumentar os lucros;
  • planejamento mais eficiente e melhor direcionamento das ações estratégicas;
  • otimização das operações e dos processos internos;
  • aumento da produtividade da equipe;
  • mensuração do desempenho empresarial;
  • ampliação da eficiência do alinhamento entre perfis de candidatos com o fit cultura e os requisitos das vagas para o recrutamento de pessoal;
  • percepção de falhas internas ou ameaças de mercado;
  • tomada de decisões mais eficiente;
  • alto nível de satisfação dos consumidores;
  • desenvolvimento de ações mais efetivas de gestão e mais aderentes às expectativas ou necessidades do público;
  • elevação do retorno sobre o investimento;
  • maior capacidade de reação às dificuldades e de prevenção de problemas;
  • manutenção do crescimento e expansão do negócio.

Qual é a relação entre Business Intelligence e análise de dados?

A relação entre Business Intelligence e análise de dados pode ser definida como simbiótica. Ou seja, trata-se de uma associação recíproca, já que há uma codependência entre esses conceitos. Enquanto o BI aplica a análise de dados como meio para obter insights, ele ajuda a interpretar as conclusões obtidas a partir disso.

Basicamente, o Business Intelligence é utilizado para compreender e correlacionar as informações que surgem da análise de dados, gerando o conjunto de subsídios que analistas e gestores utilizam para perceber tendências para o futuro com base nos padrões do passado.

De que forma usar Business Intelligence na análise de dados de uma empresa?

Se Business Intelligence e análise de dados têm uma relação simbiótica, na prática, ela envolve diversas técnicas e tecnologias implementadas a fim de obter avaliações precisas das informações disponíveis. Isso inclui:

Como funciona a análise de dados do Business Intelligence?

A análise de dados aplicada no Business Intelligence começa com o uso de um software para compilar e organizar dados. Sobre o resultado desse processo são aplicadas ferramentas tecnológicas e metodologias analíticas que geram insights — indicadores, métricas, padrões e tendências.

Com essas informações definidas, é possível avaliá-las no contexto do mercado, entender suas implicações e perceber as probabilidades decorrentes delas. Nesse sentido, são os profissionais que fazem a última análise.

Como implementar Business Intelligence e análise de dados na empresa?

Tanto a implementação como a utilização de Business Intelligence e análise de dados no ambiente empresarial dependem de um conjunto de processos que garantam a acuidade dos dados, bem como a eficiência das análises. Veja as principais ações para começar a aplicá-los em seu negócio!

Defina objetivos 

O BI pode gerar resultados positivos em diversas áreas, mas não é indicado colocá-lo em prática em todas elas desde o início. Isso pode levar a perder tempo com projetos que não agregam grandes diferenciais. Pelo mesmo motivo, é preciso focar, definindo as situações que devem ser priorizadas, para o melhor atendimento das demandas principais.

Planeje 

Após fixar metas que servem de norte para o projeto, é hora de planejar como alcançá-las. Mapear fontes de dados, dimensionar parâmetros, estipular quais os recursos e limitar o tempo para esse processo são algumas das decisões que cabem nessa etapa.

Colete os dados

Como os dados são a base dos processos de inteligência de negócios, coletá-los nas fontes disponíveis — bancos de dados, ERP, aplicativos, plataformas, planilhas etc. — garantirá que nenhuma variável seja ignorada e evitará que os resultados sejam imprecisos.

Prepare e organize a base

A estruturação da base de dados é imprescindível para aplicar técnicas analíticas, compreender as relações causais por trás dos resultados, perceber padrões e assegurar a acuidade das análises desenvolvidas. Isso envolve classificar, agrupar e consolidar o que foi coletado.

Analise as informações

Nessa etapa, são aplicadas metodologias estatísticas e modelos analíticos, entre outras técnicas para gerar insights. Os resultados são apresentados de forma visual e passam por uma nova avaliação, realizada por analistas e gestores, levando-os à tomada de decisão.

Invista em tecnologia

Há diferentes ferramentas de TI exclusivas para o Business Intelligence ou outras que podem ser aplicadas a ele. Em comum, elas apresentam o objetivo de sua utilização: facilitar as tarefas envolvidas.

Assim, conhecer as opções do mercado e avaliar qual melhor se adapta à realidade da empresa são os aspectos a considerar na hora de escolher em qual tecnologia investir.

Continue monitorando

Manter um acompanhamento, realizando novos processos de análise de dados de maneira contínua ou mantendo um controle do desenvolvimento das decisões tomadas, permitirá a renovação das percepções e o aproveitamento de novas oportunidades pelo negócio.

A relação entre Business Intelligence e análise de dados é preponderante para que insights estratégicos surjam das informações empresariais. A vantagem competitiva, gerada com sua aplicação, é fundamental para manter uma empresa no mercado atual. Por isso, não deixe de implementá-los!

Existem muitas metodologias e tecnologias que são empregadas nos processos de business intelligence e análise de dados para melhorar o desempenho da organização. Se você ainda quer entender melhor uma delas, o Big Data, confira este artigo. Caso já esteja pronto para implementar soluções de BI em sua empresa entre em contato conosco, nós da SantoDigital podemos ajudar!

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: