8 dicas de como escolher as melhores plataformas SaaS para e-commerce

Home Managed Services
8 dicas de como escolher as melhores plataformas SaaS para e-commerce
plataformas saas

8 dicas de como escolher as melhores plataformas SaaS para e-commerce

Saber escolher entre as plataformas SaaS disponíveis, a mais adequada para as necessidades da sua empresa é um requisito indispensável para quem está começando a criar uma presença digital. Isso porque, como se trata do principal serviço prestado na nuvem do Google Cloud Platform (GCP), oferece um suporte completo para o desenvolvimento e administração de um e-commerce, por exemplo.

Funcionalidades como cadastro de produtos, controle de preços, gerenciamento de estoque e integração com formas de pagamento estão presentes na plataforma e são essenciais para a criação de um negócio virtual. Porém, como saber qual das plataformas SaaS é a ideal para sua empresa? Acompanhe a seguir e descubra o que avaliar!

1. Personalização de layout

Não é de hoje que sabemos a importância de oferecer uma boa experiência de uso aos clientes que acessam o site da sua marca. Por isso, é fundamental buscar plataformas SaaS com bons layouts e, especialmente, personalizáveis. Dentro delas, você deve ser capaz de criar uma página com carregamento rápido e customizar a identidade visual de acordo com a imagem da sua empresa.

Além disso, é crucial que a plataformas SaaS permita criar uma versão mobile do site. Afinal de contas, grande parte dos consumidores finaliza suas compras por meio de seus smartphones. De acordo com um levantamento feito pelo Mobile Time, 85% dos brasileiros fazem compras online pelo celular.

Nesse sentido, facilitar a experiência com usuários em sua página, em qualquer dispositivo, aumenta as possibilidades de transformar leads em conversões.

2. Otimização para SEO

Uma boa plataforma SaaS também precisa ser facilmente encontrada nas buscas online. Por isso, é essencial que ela esteja otimizada Search Engine Optimization (SEO) e, assim, seu site seja encontrado nos primeiros resultados de pesquisa do Google. 

Então, verifique se a plataforma permite configurar atributos como títulos, descrições, imagens, URLs e outros. Com isso, o site da sua empresa ganha mais visibilidade e, consequentemente, obtém maior tráfego de visitantes.

3. Formas de pagamento

Outro ponto importante ao analisar nas plataformas SaaS é se ela fornece integração com meios de pagamento, caso você esteja criando um e-commerce. Seus clientes precisam se sentir seguros ao longo de todo o processo de compra. 

Desse modo, dê prioridade a formas de pagamento que ofereçam checkout seguro e fácil. Isso protege os dados dos usuários e evita que eles deixem sua página sem finalizar a compra. Uma boa solução que apresenta a melhor experiência de pagamento é o checkout transparente. O cliente se mantém na mesma página até fechar a compra.

4. Soluções de logística

Ainda sobre a criação de uma página de e-commerce, preste atenção se a plataforma oferece solução de frete e logística. Segundo um estudo do Baymard Institute, 49% dos consumidores desistem de uma compra devido a custos inesperados com taxas extras de frete, por exemplo.

Nesse aspecto, verifique se a plataforma tem integração com o sistema de Correios e com as tabelas das principais transportadoras do mercado. Desse modo, você consegue oferecer aos seus clientes a melhor experiência de logística

Além disso, veja se é possível disponibilizar diferentes opções de frete. Com isso, o consumidor pode escolher a alternativa que mais lhe agrada, aumentando as chances de fechar uma compra em sua página.

5. Gestão de e-commerce

Outro ponto importante na busca por uma boa plataforma SaaS são as ferramentas de gestão, como geração de relatórios de vendas.

Plataformas de qualidade oferecem um recurso que permite ao gestor visualizar os dados da empresa de forma confiável. Isso permite tomadas de decisão mais seguras e assertivas para o negócio.

Também é interessante que a plataforma seja integrada com sistemas externos e otimize ainda mais o sistema de gestão e expansão da sua marca. As interações mais importante são: 

  • ERPs;
  • marketplaces;
  • ferramentas de marketing digital;
  • chat online;
  • sistemas de gestão de estoque;
  • ferramenta de monitoramento.

6. Infraestrutura e segurança

Mais um fator extremamente importante a se considerar é a infraestrutura da plataforma. Ela deve fornecer alta estabilidade, permitindo que seu site se mantenha sempre no ar e aguente picos de tráfego

Proteger os dados também é outro aspecto crucial para se prevenir contra invasões e ganhar a confiança dos consumidores. Nesse caso, o indicado é optar por plataformas que apresentam selos e certificados de segurança

Também verifique se a plataforma está atualizada em relação ao mercado, lançando novos recursos e implementando novas funcionalidades. Sendo assim, prefira opções confiáveis, com boas avaliações no mercado e reconhecidas.

7. Pageviews ilimitadas

Analise se a plataforma SaaS escolhida não cobra por pageviews. Ou seja, as visitas que sua página recebe todos os dias. Esses detalhes costumam estar presentes no regulamento da assinatura. Por isso, fique atento para não prejudicar o orçamento mensal da sua empresa.

Para explicar na prática porque isso impacta negativamente seu negócio, vamos a um exemplo: imagine que sua marca fez uma ótima campanha para as redes sociais, o que gerou muitos acessos em seu site. Porém, quase nenhum dos leads viraram conversões. Isso resultaria em um grande prejuízo.

8. Tipos de plataformas SaaS

Além de verificar todos os pontos que listamos até aqui, é essencial conhecer as funcionalidades das principais plataformas usadas no mercado. São elas:

  • Nuvemshop: mais de 40 layouts customizáveis, gestão de estoque simplificada, integração com diversos meios de pagamento e ferramentas de marketing como o Google Shopping;
  • Shopify: diversas opções de templates e temas, excelente otimização de SEO, suporte ao cliente 24h, integração com marketplaces, como o do Facebook;
  • WooCommerce: plugin de download gratuito, integração com os principais gateways de pagamento, facilidade em adicionar conteúdo, suporte para oferecer cupons e descontos;
  • Magento: inúmeros plugins de download, elevado nível de segurança, se ajusta facilmente às necessidades do site hospedado;
  • OpenCart: custos iniciais baixos, recursos sólidos e boas funcionalidades para o processamento de pedidos;
  • VTEX: atualização contínua da plataforma, integração com gateways de pagamento diversos, API aberta, smart checkout, servidor altamente estável.

Com todas as dicas que citamos por aqui, ficou mais fácil escolher entre as plataformas SaaS disponíveis, aquela que mais atende ao perfil da empresa, não é mesmo? Lembre-se de priorizar as plataformas com maior histórico positivo no mercado e que apresentem certificados de segurança. Assim, dificilmente você se arrependerá de sua escolha.

Gostou das nossas dicas sobre plataformas SaaS? Então, entre em contato com a SantoDigial e saiba como podemos ajudar seu negócio a crescer!

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: