O que é infraestrutura de TI? Saiba tudo sobre

Home Cloud Computing
O que é infraestrutura de TI? Saiba tudo sobre
O que é infraestrutura de TI

O que é infraestrutura de TI? Saiba tudo sobre

Ano após ano as empresas se veem dependentes de soluções tecnológicas capazes de resolver todas as diligências e, assim, contribuir para sua escalabilidade. Nesse sentido, entender o que é infraestrutura de TI é fundamental para que qualquer instituição possa se desenvolver adequadamente e gerar vantagem competitiva perante seus concorrentes.

Assim, neste texto vamos tirar algumas dúvidas sobre esse assunto, explicando o que é infraestrutura de TI e o papel fundamental que ela exerce dentro de uma organização. Continue a leitura!

O que é infraestrutura de TI?

Antes de explicarmos o que é infraestrutura de TI, tenha em mente que a disposição desse setor se dá da seguinte forma:

  • hardwares;
  • serviços integrados;
  • sistemas operacionais;
  • softwares e aplicativos;
  • gestão e armazenamento de dados;
  • plataformas de comunicação, redes e internet.

Desse modo, podemos dizer que a infraestrutura de tecnologia da informação é o conjunto de componentes que viabilizam a operação e o gerenciamento de serviços de TI corporativos e ambientes de TI.

Em suma, o bom funcionamento dessas ferramentas pode fazer com que sua empresa obtenha mais destaque no mercado, já que uma TI bem estruturada traz velocidade e precisão na tomada de decisões.

Como funciona a gestão de um ambiente de TI?

Agora que você aprendeu o que é infraestrutura de TI, vamos entender como funciona a gestão desse departamento. De antemão, saiba que o gerenciamento de um departamento de TI abrange um conjunto de processos.

Com a evolução dos serviços de TI, novas soluções começaram a aparecer, como os Managed Service Provider (MSPs), um modelo focado em prevenção e uma proposta ativa.

Em síntese, os MSPs trabalham de forma automatizada e oferecem soluções remotas com uso de métodos comprovados, capazes de tornar a gestão do departamento de TI mais eficiente.

Além disso, o sistema de Managed Service Provider funciona em partes como Help Desk, auxiliando os colaboradores do cliente a adotar boas práticas e utilizar as melhores soluções para os desafios computacionais que surgem no dia a dia.

Por fim, com o intuito de gerenciar uma infraestrutura de TI de forma adequada, é preciso:

  • demonstrar em métricas simples e claras suas ações;
  • trazer inovações que maximizem o potencial do cliente;
  • descrever suas ações em linguagem simples para os gestores;
  • contribuir de forma efetiva no combate aos desafios do ambiente corporativo;
  • estimular o crescimento de cada usuário, melhorando seu conhecimento e autonomia.

Infraestrutura de TI: Tradicional x Cloud

Não basta apenas saber o que é infraestrutura de TI, é preciso entender a diferença entre os dois modelos utilizados atualmente. Nesse sentido, falaremos sobre as estruturas tradicionais e de cloud, explicando como cada uma delas funciona. Confira!

Tradicional

Primeiro, é necessário ressaltar que as estruturas de TI tradicionais necessitam de espaço físico para funcionarem normalmente, sobretudo, devido ao seu arranjo se dar por hardwares e softwares, como:

  • servidores;
  • instalações;
  • data centers;
  • computadores desktop de hardware de rede;
  • soluções de software de aplicativos corporativos.

Além do espaço físico, essa configuração de infraestrutura requer mais energia e dinheiro que outros tipos, pois uma infraestrutura tradicional é instalada no local para uso exclusivo da empresa ou privado.

Cloud

O modelo de cloud dispensa o uso de estruturas e equipamentos robustos na empresa do cliente, visto que seu acesso se dá pela internet. Assim, é possível utilizar recursos de computação sem precisar instalá-los, nem os manter on-premises, o que ajuda na redução de gastos.

Atualmente, temos diversos modelos de cloud computing, confira as três principais a seguir.

Nuvem pública

Nesse modelo, um provedor de infraestrutura em cloud disponibiliza recursos de computação para usuários na internet pública. Esses recursos incluem:

  • aplicativos SaaS;
  • plataformas de desenvolvimento;
  • máquinas virtuais (VMs) individuais;
  • hardware de computação bare metal;
  • infraestruturas de grau corporativo completas.

Desse modo, o acesso aos recursos pode ser fornecido gratuitamente ou vendido, a depender da forma que o serviço foi contratado.

Nuvem privada

A princípio, a nuvem privada é uma infraestrutura de TI em cloud projetada para atender um único cliente. Além disso, esse tipo de nuvem combina muitos benefícios da computação em nuvem, como:

  • elasticidade;
  • controle de acesso;
  • escalabilidade e facilidade de entrega de serviço;
  • segurança e customização de recursos da infraestrutura on-premises.

Embora uma nuvem privada fique geralmente hospedada on-premises no data center do cliente, vale lembrar que ela pode ser hospedada em uma infraestrutura de provedor de cloud independente ou criada em infraestrutura alugada hospedada em um data center externo.

Nuvem híbrida

A nuvem híbrida é responsável pela junção dos serviços de nuvem privada e pública, formando um ambiente flexível e apto a atender todas as demandas e cargas de trabalho da empresa.

Veja 3 dicas para montar uma infraestrutura de TI eficiente

Separamos três dicas importantes que vão te ajudar a montar um ambiente de TI completo, que atenda a todas as necessidades do seu cliente. Acompanhe!

Antes de trazer soluções, estude seu cliente

Procure entender quais os maiores problemas do seu cliente e, caso já exista uma estrutura de TI montada, avalie se o modelo utilizado não se encontra defasado.

Por vezes, a infraestrutura instalada não corresponde às necessidades da empresa, fazendo com que os resultados obtidos não sejam satisfatórios e gerando vulnerabilidades para o contratante. Assim, é preciso considerar a modernização da infraestrutura de TI.

Antes de trazer soluções, comunique-se com diferentes departamentos e procure entender suas dores. Dessa forma, é mais simples propor as melhorias necessárias e alcançar os resultados almejados.

Crie infraestruturas escalonáveis

É preciso pensar a longo prazo ao montar uma infraestrutura de TI para seu cliente. Desse modo, escolha por tecnologias escalonáveis, que poderão acompanhar o desenvolvimento da empresa, caso ela venha a se expandir rapidamente.

A implementação de novas tecnologias que atendam às exigências de uma empresa em ascensão não apenas demanda tempo, mas, também, dinheiro — se formos considerar a paralisação das operações durante esse processo.

Busque pelos fornecedores corretos

Na hora de montar uma infraestrutura adequada para seu cliente, dê preferência a fornecedores experientes com uma boa reputação. Diariamente, players surgem no mercado com novas ferramentas TI, entretanto, a qualidade de algumas dessas soluções costumam ser bastante questionáveis.

Logo, é preciso manter um nível de exigência com relação ao tempo de mercado e reputação de uma solução antes de implantá-la em seus clientes para evitar qualquer problema no futuro.

Deixe a SantoDigital te ajudar nesse processo

Contar com um parceiro capaz de implementar uma infraestrutura de TI completa e eficiente é fundamental para que seu cliente se sinta seguro em relação aos serviços prestados pela sua empresa.

Nesse sentido, a SantoDigital, com mais de duas mil empresas migradas e 10 anos de experiência no setor, certamente é a sua melhor opção.Quer saber mais? Conheça as nossas soluções em Google Cloud Platform (GCP) e inicie a transformação digital da sua empresa agora mesmo!

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: