Infraestrutura de TI: descubra como mapear e monitorar os gastos de forma assertiva

Home Cloud Computing
Infraestrutura de TI: descubra como mapear e monitorar os gastos de forma assertiva

Infraestrutura de TI: descubra como mapear e monitorar os gastos de forma assertiva

Investir em novas tecnologias e em infraestrutura de TI é, sem dúvidas, um requisito para as empresas de que desejam se tornar ou se manter competitivas. Nesse sentido, mapear e monitorar os gastos de forma assertiva é essencial para elaborar budget adequados a fim de utilizar os recursos financeiros da melhor forma possível, além de identificar onde reduzir custos.

Uma empresa que não mapeia seus custos corre o risco, por exemplo, de ficar sem recursos para investir em tópicos vitais, como segurança da informação e treinamento dos colaboradores. Isso, de certo modo, pode comprometer de forma significativa a continuidade nos negócios.

Continue a leitura e descubra como mapear e monitorar os custos de infraestrutura de TI e, assim, ter uma gestão muito mais eficaz!

Utilize sistemas de monitoramento

Controles de custos manuais são difíceis de serem implementados e estão mais suscetíveis a erros, além de exigirem muito mais tempo de seus colaboradores para alimentar planilhas.

Por isso, a forma mais efetiva de realizar essa atividade é utilizando softwares, como um sistema ERP, para realizar um acompanhamento assertivo e em tempo real.

Utilizando um sistema, você ainda pode melhorar seu controle orçamentário de infraestrutura de TI, verificando em tempo real o que foi orçado e o que já foi realizado. Assim, você evita gastar mais do que o previsto e não corre o risco de ficar sem recursos para utilizar em outras áreas.

Acompanhe os relatórios

Como dito, ao utilizar sistemas para monitorar os custos de infraestrutura de TI você pode ter um acompanhamento muito mais preciso.

Além de ter a possibilidade de acompanhar em tempo real o seu orçamento, você ainda tem a possibilidade de gerar diversos relatórios para visualizar de forma clara a evolução dos custos.

Com um sistema, você ainda pode promover a integração de dados com outras aplicações, a fim de contar com informações gerenciais de acordo com a necessidade de sua empresa.

Ao automatizar esse tipo de atividade, você também economiza o tempo de seus colaboradores, que podem se dedicar a atividades de maior valor agregado.

Considere migrar sua infraestrutura de TI para a nuvem

Manter uma infraestrutura de TI local demanda muitos custos. Além da compra de hardware, você precisa considerar uma série de fatores, como licenças, manutenção, atualização, energia elétrica, entre outros elementos.

Por isso, muitas empresas têm optado por migrar sua infraestrutura de TI para Cloud. Dessa forma, além de reduzir significativamente o investimento, torna-se muito mais fácil monitorar os custos.

Ao migrar sua infraestrutura para a nuvem, geralmente, você paga valores mensais pré-acordados, o que facilita a elaboração de orçamentos e o acompanhamento dos custos.

Além disso, você tem a opção de contratar recursos de acordo com a necessidade da sua empresa. Dessa forma, em épocas de pico, você pode aumentar seus recursos de TI e depois reduzi-los novamente.

Assim você evita, por exemplo, ter gastos exorbitantes com hardwares que depois ficarão subutilizados.

Agora você já sabe um pouco mais sobre a importância de mapear e monitorar os custos de infraestrutura de TI, além de conhecer algumas formas de realizar essas atividades.

Se você gostou deste conteúdo, não deixe de entrar em contato conosco para descobrir como podemos ajudar a sua empresa!

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: