Saiba quais estratégias adotar para implementar o trabalho remoto na sua empresa

Home Cloud Computing
Saiba quais estratégias adotar para implementar o trabalho remoto na sua empresa

Saiba quais estratégias adotar para implementar o trabalho remoto na sua empresa

No momento atual, no qual se fazem necessárias políticas de isolamento social, o trabalho remoto é a melhor alternativa para empresas que desejam manter suas operações. Para isso, é preciso fornecer aos colaboradores as ferramentas de produtividade para que eles consigam realizar suas atividades.

Aliás, essa não é uma questão que precisa estar em pauta nas empresas somente durante a pandemia causada pelo novo coronavírus. Pesquisa realizada pela ReimagineHR, do Gartner, indica que até 2030 haverá um aumento de até 30% da demanda por trabalho remoto.

Essa mudança organizacional deve ser impulsionada, principalmente, pela entrada total da geração Z no mercado de trabalho. Logo, mais que uma necessidade, essa é uma oportunidade para as empresas adequarem sua estrutura para as demandas futuras.

Mas, afinal, como implementar o Home Office na sua empresa de forma eficaz? Conheça as fases de implementação a seguir!

1. Defina as expectativas

O trabalho remoto não deve ser confundido com autonomia total de cada colaborador. Cabe aos gestores definir qual será a nova metodologia de trabalho e o que é esperado de cada profissional.

Dessa forma, alcançar sucesso e evitar estresse para todos os envolvidos no processo de trabalho remoto, é essencial para definir prazos claros, realizar acompanhamento tempestivo do cumprimento das atividades e manter linhas de comunicação abertas.

2. Priorize a comunicação

Com cada colaborador trabalhando em uma localidade, a comunicação tende a ser dificultada, o que pode gerar mal-entendidos, retrabalhos, etc.

Por isso, é essencial encontrar meios que permitam a interação em tempo real de forma efetiva. Nesse sentido, o Google Meet é uma excelente opção.

A ferramenta permite a realização de videochamadas com a segurança e eficiência da infraestrutura global do Google.

Aliás, o Google está liberou o uso dos recursos do Google Meet Premium até 30 de setembro de 2020 para todos os usuários G Suite. Dentre os recursos adicionais dessa versão destacam-se a possibilidade de reuniões maiores, com até 250 participantes, e transmissão ao vivo para até 100 mil participantes.

3. Acompanhe tudo de perto

É fato que nem todos os colaboradores estão preparados para trabalhar com maior autonomia. Por isso, para que o trabalho remoto apresente os resultados esperados, é preciso realizar um acompanhamento tempestivo.

Por isso, a utilização de ferramentas de produtividade em nuvem é essencial. Isso permite que os gestores possam acompanhar o progresso de todas as atividades de seu setor, sem a necessidade de solicitar o status do trabalho para cada colaborador.

Uma vez que tudo está na nuvem, qualquer pessoa que possua acesso aos documentos, pode analisar o que está sendo realizado, efetuar revisões, etc.

Isso evita surpresas desagradáveis e contribui para a manutenção da produtividade.

4. Centralize suas operações

Ter uma operação centralizada parece conflitar com uma estratégia de trabalho remoto. No entanto, isso não só é possível como também é altamente recomendável.

Algumas empresas permitem que seus colaboradores utilizem suas próprias ferramentas para realizar suas atividades em Home Office. No entanto, isso pode gerar alguns problemas, tais como:

  • Conflito de formatos: Usando softwares de diferentes fabricantes, sua empresa pode encontrar grandes desafios para uniformizar seus documentos. Além de  problemas com layout, muito provavelmente também haverá dificuldades para reconhecer os diferentes formatos de arquivos;
  • Conflito de versão: Não é incomum que diferentes colaboradores precisem utilizar e realizar alterações em um mesmo documento. Com cada colaborador trabalhando em uma localidade, isso pode gerar conflitos de versão, perda de informações e retrabalhos.
  • Falta de segurança: Fora da infraestrutura da sua empresa, muito provavelmente, os terminais utilizados pelos seus colaboradores estão muito mais vulneráveis às ameaças digitais. Por isso, permitir que eles salvem informações confidenciais em seus dispositivos representa um grande risco à segurança dos dados empresariais.

Para superar esses desafios, a melhor solução é migrar suas operações para a nuvem. Dessa forma, os dados são acessados em um ambiente seguro, que permite a edição simultânea de arquivos e acompanhamento tempestivo.

5. Adote as melhores ferramentas de produtividade para trabalho remoto

Contar com uma solução de produtividade completa e centralizada contribui substancialmente para o sucesso de uma estratégia de trabalho remoto.

Nesse sentido, vale destacar o G Suite, a solução de produtividade do Google. Com ele, seus colaboradores têm acesso a um conjunto de ferramentas integradas e que possuem recursos avançados que suprem todas as necessidades de seus funcionários.

Essa solução inclui aplicações de e-mail profissional, edição de textos, planilhas e apresentações, agenda, armazenamento, videoconferência, gerenciamento de identidades e segurança e muito mais.

Todos os recursos podem ser acessados por meio do navegador de Internet, sem a necessidade de instalação de softwares em cada terminal.

Proteja seus dados e ofereça os recursos e aplicações que seus colaboradores precisam para realizar suas tarefas, seja na sua empresa ou em trabalho remoto.

Entre em contato com a SantoDigital, uma das principais parceiras do Google na América Latina, e comece a utilizar o G Suite agora mesmo!

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: