Qual a diferença entre Data Management e Databases?

Home Big Data
Qual a diferença entre Data Management e Databases?

Qual a diferença entre Data Management e Databases?

A tecnologia vem impulsionando empresas de todos os tamanhos a obterem melhores resultados e a reduzirem custos. Por isso, é essencial saber diferenciar os termos técnicos para, assim, encontrar as soluções mais apropriadas para cada tipo de desafio. No entanto, nem sempre essa é uma tarefa fácil, principalmente, quando se trata de expressões similares, como Data Management e Databases.

Apesar da semelhança, esses termos resguardam significados distintos. Logo, os tomadores de decisão precisam saber exatamente o que cada um deles quer dizer.

A seguir, você irá descobrir a diferença entre Data Management e Databases e porque esses dois conceitos são importantes para sua empresa!

O que é Databases?

Databases, ou bancos de dados, podem ser definidos como coleções organizadas de dados estruturados para torná-los facilmente acessíveis e gerenciáveis.

Em outras palavras, Databases são locais onde você pode armazenar dados de forma organizada para facilitar a edição, acesso, atualização, etc.

A melhor analogia são as bibliotecas. Elas contêm uma enorme coleção de livros de diferentes gêneros, autores,  nacionalidades, etc. Geralmente, todos os livros são catalogados e organizados de forma estruturada, para facilitar a localização para os usuários e a administração dos bibliotecários.

Nesse caso, as bibliotecas, ou seja, os espaços e suas estruturas, sãos os Databases e os livros são os dados.

O que é Data Management?

Data Management, ou gerenciamento de dados, é um conjunto de processos que envolve a coleta, validação, armazenamento, proteção e processamento de dados.

Ou seja, todas atividades necessárias para garantir a acessibilidade, confiabilidade e oportunidade de uso dos dados para seus usuários.

Uma estratégia assertiva de Data Management pode ajudar as empresas a reduzir custos, melhorar a produtividade, automatizar processos, desenvolver produtos e serviços sob medida para seu público-alvo e muito mais.

Hoje, as empresas estão usando Big Data para direcionar suas decisões de negócios e obter percepções profundas sobre o comportamento do cliente, tendências e oportunidades para criar experiências de compra extraordinárias.

Dessa forma, podemos dizer que o Data Management é o caminho para que as empresas consigam utilizar seus dados da melhor maneira possível, explorando as diferentes formas de monetizá-los.

Como Data Management e Databases se relacionam?

Apesar de serem conceitos diferentes, Data Management e Databases estão intimamente ligados.

Isso porque, dentre outras coisas, a estratégia de gerenciamento de dados deve ser feita com base no banco de dados que é utilizado.

Hoje, sem dúvidas, as melhores soluções de Databases são aquelas baseadas na nuvem, pois, além de oferecer segurança, também agregam escalabilidade e flexibilidade.

Ou seja, sua empresa não precisa mais condicionar o seu potencial à capacidade de sua infraestrutura local. Ao invés disso, ela pode hospedar seus dados no Database do Google, que oferece confiabilidade e espaço de armazenamento variável de acordo com a sua demanda.

Além disso, ao utilizar um banco de dados na nuvem, sua empresa tem a possibilidade de utilizar as ferramentas de Data Management mais modernas, como o BigQuery.

A plataforma de gerenciamento de dados do Google permite que as empresas implementem uma estratégia de Big Data, utilizando todas as fontes de dados, em tempo real.

Isso permite extrair insights, identificar tendências, melhorar processos, tomar decisões estratégicas mais assertivas e muito mais.

Data Management ou Databases: o que priorizar?

Para extrair o melhor dos dados, sua empresa precisa de um banco de dados seguro, moderno e escalável e também de uma gestão de dados que otimize a coleta, simplifique o acesso e estruture os dados para que seja possível realizar análises assertivas.

Ou seja, além de contar com um Database confiável, você também precisa de uma estratégia de gerenciamento adequada e de ferramentas que possibilitem executá-la com precisão.

Dessa forma, não há como estabelecer uma prioridade. Sua empresa precisa atuar nas duas frentes e encontrar soluções completas que permitam alcançar todo o potencial que os dados têm a oferecer.

Nesse sentido, você pode contar com as soluções do Google para otimizar o modo como sua empresa lida com seus dados. São várias opções de Databases para que você armazenar seus dados de maneira estruturada, de acordo com suas características. Confira alguns exemplos:

  • Cloud SQL: serviço de Database completamente gerenciado que simplifica a configuração e o gerenciamento de bancos de dados relacionais PostgreSQL, MySQL e SQL Server em Cloud.
  • Cloud Bigtable:  serviço de Database NoSQL ideal para casos de uso em que leituras de baixa latência e gravações de alta capacidade, escalabilidade e confiabilidade são essenciais.
  • Cloud Spanner:  serviço de banco de dados relacional essencial e escalonável. Ele foi criado para ter compatibilidade com transações, consistência e alta disponibilidade.

Além dessas, o Google ainda oferece uma série de outras opções de Databases, compatíveis com as linguagens mais populares do mercado, o que facilita o processo de migração.

Isso sem falar do BigQuery, uma aplicação de armazenamento de dados sem servidor, altamente escalonável e econômica, projetada para ajudar a sua empresa a gerenciar seus dados de forma assertiva e, assim, tomar  as melhores decisões informadas rapidamente.

Quer saber mais sobre as soluções de Data Management e Databases do Google?

Então, entre em contato com a SantoDigital. Somos uma das principais parceiras do Google na América Latina e contamos com uma equipe de profissionais altamente qualificada, pronta para ajudá-lo a implementar a melhor estratégia de armazenamento e gestão de dados para a sua empresa!

 

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: