Conectividade Global: qual sua influência na convergência de TI e na tecnologia operacional

Home Machine Learning
Conectividade Global: qual sua influência na convergência de TI e na tecnologia operacional

Conectividade Global: qual sua influência na convergência de TI e na tecnologia operacional

A chegada de novas tecnologias como 5G e o crescimento da Internet das Coisas (IoT) são alguns dos fatores que devem contribuir para o aumento da conectividade global nos próximos anos. Nesse cenário, a convergência de tecnologia da informação (TI) e tecnologia operacional (TO) tem se tornado cada vez mais necessária para garantir a continuidade dos negócios.

Continue a leitura para entender como esses assuntos estão correlacionados e como isso impacta a operação de sua empresa!

Conceito de conectividade global

A conectividade global é a base da economia digital. Basicamente, corresponde à capacidade de conectar pessoas, organizações e máquinas entre si.

O grande desafio atual é como estender a conectividade não apenas aos próximos bilhões de usuários, mas também aos próximos 50 bilhões de dispositivos que estão previstos para os próximos.

Graças à Internet das Coisas (IoT), a economia está digitalizando em uma escala sem precedentes à medida que dispositivos e objetos se conectam à Internet e se comunicam.

Está surgindo um mundo em que sensores inteligentes monitoram cada vez mais a saúde, a localização e as atividades de pessoas e animais, o estado do ambiente natural, a qualidade dos alimentos e muito mais.

Se a conectividade global é a base e a facilitadora desse processo, o motor dos avanços é a convergência.

Graças à digitalização e aos crescentes recursos da Internet, houve uma convergência contínua entre partes outrora distintas do ecossistema, como a TI e a TO.

Conceito de tecnologia operacional (TO)

Ao contrário da TI, a TO ainda não é um conceito muito difundido. Em suma, trata-se de uma categoria de hardware e software que monitora e controla o desempenho dos dispositivos físicos.

No passado, a TO era usada principalmente em sistemas de controle industrial para manufatura, transporte e serviços públicos. Diferentemente da TI, que controlava as operações nessas indústrias, ela não era conectada em rede.

Muitas das ferramentas para monitorar ou fazer ajustes em dispositivos físicos eram mecânicas e aquelas que possuíam controles digitais usavam protocolos proprietários fechados.

Hoje, no entanto, à medida que os dispositivos físicos estão se tornando “inteligentes”, há uma tendência crescente em direção à convergência de TI e TO.

A conectividade global como fator de convergência

A conectividade sem fio forneceu aos administradores responsáveis ​​pela tecnologia operacional melhores sistemas de monitoramento e a capacidade de controlar dispositivos físicos remotamente.

Os avanços na comunicação máquina a máquina, o crescimento da conectividade global e o desenvolvimento do machine learning criaram uma mudança radical.

Essas soluções permitiram que os dados produzidos e coletados pelos dispositivos físicos sejam analisados ​​em tempo real, a fim de facilitar a autonomia, permitir a manutenção preventiva e melhorar o tempo de atividade.

Dessa forma, hoje, muitas empresas possuem um sistema convergente de TO e TI, possibilitando maior eficiência no gerenciamento das operações.

Qual o impacto para as empresas

Segundo dados divulgados pela revista Forbes, a expectativa é que as empresas realizem investimentos anuais que somarão cerca de US$ 2,1 trilhões anuais até 2021 na convergência de TI e TO.

Isso demonstra que trata-se de um processo com grandes perspectivas de retornos, que deve se dar, principalmente, em função da automação.

Imagine TI e TO compartilhando dados em tempo real para tomar melhores decisões de negócios, prever tendências de clientes e permanecer à frente da concorrência. Isso resultaria em um aumento nos processos de fabricação aprimorados, levando a um melhor desempenho da produção e custos reduzidos.

A conectividade global, nesse sentido, é o elo entre essas duas tecnologias, uma vez que possibilita uma transmissão de dados rápida e segura. A conexão de sistemas de TI e TO na mesma rede permite que uma organização entenda melhor seus processos e sua capacidade de se adaptar rapidamente às mudanças.

Ao obter um controle mais rígido da tecnologia e dos processos operacionais, as empresas podem:

  • Habilitar o gerenciamento de riscos ao nível corporativo;
  • Entregar produtos ao mercado mais rapidamente;
  • Reduzir o custo total de propriedade;
  • Melhorar a utilização de ativos;

Agora você já sabe um pouco mais sobre a convergência entre TI e TO e como a conectividade global influência nesse processo. Aproveite para descobrir como a nuvem e a inteligência artificial podem contribuir para projetos de IoT

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: