Google Meet e Gmail: confira as últimas otimizações de segurança

Home Gmail
Google Meet e Gmail: confira as últimas otimizações de segurança
google-meet-e-gmail-confira-as-ultimas-otimizacoes-de-seguranca

Google Meet e Gmail: confira as últimas otimizações de segurança

A segurança da informação, sem dúvidas, é uma das grandes preocupações das empresas na atualidade. Sabendo disso, o Google  anunciou uma série de novos recursos que visam aumentar a segurança dos usuários do Gmail e Google Meet.

A empresa também introduziu novas maneiras para os administradores de TI gerenciarem e protegerem dispositivos usando o Admin Console.

A seguir, você poderá conhecer um pouco mais sobre as novas atualizações de segurança do Google e entender como elas podem ajudar a tornar a sua empresa mais segura. Confira!

Brand Indicators for Message Identification (BIMI) 

Uma das novidades de segurança anunciadas pelo Google é o Brand Indicator for Message Identification (em português,  Indicadores de Marca para Identificação de Mensagens).

Essa nova funcionalidade permite que as organizações que usam a tecnologia DMARC validem a propriedade de seus logotipos e os transmitam com segurança ao Google. 

Assim, é possível exibir o logotipo corporativo no slot de avatar do Gmail. Isso, além de ajudar a promover a marca das empresas, deve dar às pessoas mais confiança de que a mensagem de e-mail é de um remetente legítimo e, por fim, impedir ataques de phishing que falsificam empresas genuínas.

De fato, o protocolo DMARC pode ajudar a eliminar o spoofing de e-mail, um ingrediente importante em ataques de phishing e golpes de comprometimento de e-mail corporativo (BEC, na sigla em inglês).    

Segundo executivos do Google, o BIMI oferece benefícios para todo o ecossistema de e-mail. Ao exigir uma autenticação forte, os usuários e os sistemas de segurança de e-mail podem ter maior confiança sobre a origem das mensagens, e os remetentes poderão alavancar a confiança de sua marca e fornecer aos clientes uma experiência mais envolvente.

Novos recursos para o Google Meet

A plataforma de videoconferência Google Meet, ferramenta indispensável em rotinas de home office, também recebeu um aumento de segurança na forma de novos controles que permitem ao host gerenciar quem pode participar de reuniões e como.

Os convidados que foram expulsos de uma reunião não poderão voltar a entrar, ao menos que o anfitrião os convide novamente. Enquanto isso, os participantes que tiveram suas solicitações negadas, várias vezes, serão automaticamente proibidos de enviar mais solicitações.

Além disso, os hosts também estão recebendo recursos avançados de bloqueio de segurança que os permitem decidir sobre o método pelo qual as pessoas podem ingressar nas reuniões e o nível de participação permitido depois de ingressar.

Enquanto as travas de segurança estiverem ativadas, usuários anônimos, ou seja, aqueles que não estão logados em suas contas do Google, serão impedidos de participar da reunião.

O Google Meet também oferece ao host a capacidade de controlar quais participantes podem conversar e fazer apresentações em uma reunião.

Novos recursos do Admin Console

Além do Google Meet e do Gmail, o Google também implementou novas otimizações de segurança no Admin Console, com o objetivo de ajudar os administradores do Google Workspace a manter os dispositivos seguros, principalmente em rotinas de trabalho remoto.

Como parte desse esforço, o Google integrou sua plataforma ao sistema de gerenciamento de dispositivos móveis Apple Business Manager para melhorar a capacidade dos administradores de gerenciar iPhones e iPads. 

Em segundo lugar, o Google está reforçando o recurso de Prevenção de Perda de Dados para que os administradores possam bloquear os usuários de baixar, imprimir ou copiar documentos confidenciais do Google Drive. 

Os administradores também podem executar uma verificação completa de todos os arquivos no Google Drive e definir controles automaticamente para todos os usuários.

Otimização de segurança no Chat

No Google Workspace, todas as aplicações estão mais integradas e todas estão acessíveis, a partir do Gmail.

Uma dessas aplicações é o Google Chat, que também recebeu novos recursos de segurança.

A nova proteção verifica os links enviados no Chat  em tempo real  e avisa aos usuários se encontrar algo suspeito.

Os usuários dessa aplicação agora também podem bloquear e relatar salas de chat se algo malicioso estiver em andamento.

O Google também adicionou um filtro que detecta e limita automaticamente o conteúdo abusivo, como convites com spam.

Agora você já conhece as novas atualizações que tornaram o Google Meet e o Gmail, assim como todas as aplicações da família Google Worskpace, mais seguros.

Para saber como implementar essas e outras soluções de comunicação e produtividade do Google na sua empresa, entre em contato com a SantoDigital agora mesmo!

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: