Por que a alta disponibilidade na nuvem é uma das principais vantagens da Cloud?

Home Cloud Computing
Por que a alta disponibilidade na nuvem é uma das principais vantagens da Cloud?

Por que a alta disponibilidade na nuvem é uma das principais vantagens da Cloud?

Os benefícios da Cloud Computing para empresas são numerosos. Por isso, não é de estranhar que cada vez mais empresas estejam migrando para a nuvem. No entanto, dentre todas as vantagens, a alta disponibilidade na nuvem é um dos fatores que mais chama a atenção dos gestores de TI.

Eles, mais do que ninguém, sabem da importância de ter aplicativos e serviços funcionando quase que 100% do tempo. Quando se trata de recursos de TI, qualquer segundo de inatividade pode significar a perda de muito dinheiro.

Confira outros motivos que fazem da alta disponibilidade um dos principais atrativos da computação em nuvem!

O que é alta disponibilidade?

Alta disponibilidade, como o nome sugere, implica em garantir que os recursos de TI estejam disponíveis a todo momento. Para isso, é necessário implementar processos de detecção de pontos únicos de falha em seu sistema e reduzir as chances de suas ocorrências por meio de estratégias como redundância e / ou replicação.

Na ausência desses procedimentos, os clientes (internos ou externos) de seus aplicativos sofrem com a descontinuidade do serviço a cada falha de software ou de hardware.

Dessa forma, para garantir a alta disponibilidade é preciso atuar, principalmente, em duas frentes:

  • Preditiva: monitorando o funcionamento de toda infraestrutura, o que inclui serviços de rede, hardware e software, com o objetivo de impedir que incidentes ocorram.
  • Corretiva: Identificando rapidamente as causas das paralisações de serviços e solucionando-as rapidamente para restabelecer o correto funcionamento.

Ou seja, para assegurar a alta disponibilidade, sem a nuvem, é preciso um investimento considerável em pessoal e ferramentas de diagnóstico e monitoramento. Isso, sem falar na redundância de hardware, como medida de segurança.

Como garantir a alta disponibilidade na nuvem?

Existem diversos fatores que podem causar a interrupção do funcionamento de um hardware ou software. Dentre eles, podemos citar:

  • Número muito grande de requisições;
  • Incidentes de segurança;
  • Falha de equipamento;
  • Desastres.

Ao migrar para a nuvem, sua empresa passa a contar com soluções efetivas para lidar com todos esses pontos.

Uma característica da computação em nuvem é que torna a operação totalmente escalável. Ou seja, os recursos contratados, seja de processamento, armazenamento, etc, serão ajustados de acordo com a demanda, o que evita lentidão e interrupções dos serviços.

A nuvem também é reconhecidamente eficaz para prevenir incidentes de segurança, como ataques de DDoS, Ransomware e outros. Além disso, a nuvem torna os procedimentos de backup e disaster recovery muito mais efetivos, o que garante a rápida recuperação de dados em caso de incidentes.

Finalmente, na nuvem sua empresa pode obter a redundância que necessita para garantir a ininterruptibilidade de suas aplicações de missão crítica.

Minha empresa necessita contar alta disponibilidade na nuvem?

Vivemos a época da transformação digital, o que significa que as empresas possuem um alto grau de dependência dos recursos tecnológicos. Logo, qualquer tempo de inatividade pode causar perdas financeiras e danos a imagem da empresa.

Confira alguns pontos que podem que o ajudam a entender a importância da alta disponibilidade na nuvem:

Impacto financeiro

Para todos as suas soluções tecnológicas, analise os impactos financeiros do tempo de inatividade. Você irá perceber que ao migrar para a nuvem você pode evitar muitas perdas e, assim, melhorar os resultados de sua empresa.

Redução de custos

Para garantir a alta disponibilidade localmente, sua empresa necessitará contar com uma redundância de servidores, para que o segundo possa ser acionado caso o primeiro venha a falhar. Isso, obviamente, significa custos, tanto de aquisição como de manutenção. Sem falar nas despesas relacionadas, como energia elétrica.

Gestão da alta disponibilidade

Para gerir a alta disponibilidade, sua empresa precisa contar com uma equipe experiente para checar a integridade da replicação, acompanhar os dados de monitoramento, automatizar as rotas de failorver, etc.

Na nuvem, sua empresa estipula os requisitos de alta disponibilidade diretamente com o provedor de serviços, que irá adotar os procedimentos e ferramentas necessárias para fornecer o que foi contratado.

Os melhores provedores do mercado, como a Santo Digital, possuem equipes especializadas que efetuam o gerenciamento necessário para garantir a alta disponibilidade na nuvem.

Agora você já sabe um pouco mais sobre porque a alta disponibilidade na nuvem é uma das principais vantagens oferecidas por essa tecnologia. Se você gostou deste conteúdo, não deixe de conferir nosso artigo que fala sobre como migrar para a nuvem sem estresse.

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: