Como obter uma análise assertiva do Big Data com a ajuda do BigQuery?

Home Big Data
Como obter uma análise assertiva do Big Data com a ajuda do BigQuery?

Como obter uma análise assertiva do Big Data com a ajuda do BigQuery?

Atualmente, as empresas têm empregado grandes esforços em torno de Big Data. Logo, elas precisam contar com o auxílio de ferramentas específicas que permitam obter insights que as levem a decisões melhores e ações estratégicas de negócio. Nesse sentido, o BigQuery tem se mostrado uma excelente alternativa.

Além de suas funcionalidades robustas, essa ferramenta possui a grande vantagem de não exigir instalação local, nem servidores. Isso, em suma, se traduz em menos trabalho para sua equipe de TI e um menor custo.

Continue a leitura para descobrir como o BigQuery pode ajudar a sua empresa a obter uma análise assertiva do Big Data!

Sobre a ferramenta

O Google BigQuery é um Data Warehouse corporativo criado sobre o Google Cloud Platform. Ele funciona muito bem com dados de qualquer tamanho, desde uma minúscula planilha do Excel até dados na escala Petabytes. Além disso, ele pode executar uma consulta complexa nesses dados em poucos segundos.

Desde o lançamento dessa solução, o Google vem trazendo inovações no campo da análise de dados para torná-lo mais fácil e acessível para empresas.

O BigQuery oferece suporte às consultas semelhantes ao SQL, o que facilita o uso. Ele é acessível por meio de sua interface web, ferramenta de linha de comando ou biblioteca do cliente (suporta C#, Go, Java, Node.js, PHP, Python e Ruby). Em plataformas não suportadas, é possível usá-lo enviando uma solicitação JSON para sua API REST.

Como mencionado, essa ferramenta não requer nenhuma instalação local. Logo, também não é preciso se preocupar com manutenção e monitoramento. Assim, essa é uma ótima escolha para empresas com equipe de TI mais enxuta.

Além disso, o BigQuery é dimensionado de acordo com o tamanho dos seus dados automaticamente, sem perda de desempenho.

Análises rápidas e assertivas

O BigQuery permite que as organizações capturem e analisem dados em tempo real usando sua poderosa capacidade de processamento de fluxo para que seus insights sejam sempre atualizados.

Você pode configurá-lo em poucos minutos e começar a consultar seus dados logo em seguida. O BigQuery executa consultas SQL extremamente rápidas de gigabytes a petabytes de informações e facilita a associação de conjuntos de dados públicos ou comerciais com os seus.

Outra vantagem é que, com essa ferramenta do Google, você elimina o trabalho demorado de provisionamento de infraestrutura e reduz seu tempo de inatividade. Isso porque, como vimos, ela conta com uma arquitetura sem servidor que lida com toda a manutenção contínua, incluindo patches e atualizações.

Principais recursos do BigQuery

O armazenamento de dados sem servidor oferece os recursos necessários quando você precisa deles. Com o BigQuery, você pode se concentrar em seus dados e análises, em vez de operar e dimensionar recursos de computação.

Além do mais, a API de inserção de streaming de alta velocidade dessa solução Google fornece uma base poderosa para análises em tempo real. Você pode examinar o que está acontecendo agora, disponibilizando seus dados comerciais mais recentes para análise.

O BigQuery também se integra bem com outras ferramentas de análise, o que permite que você tenha ainda mais assertividade em seus insights.

Por exemplo, o Hadoop e o Spark podem ler ou gravar dados diretamente do BigQuery com os usos do Cloud Dataproc e do Cloud Dataflow. O Google também fornece transferência automática de dados de outras de suas ferramentas, como o DoubleClick, o Google AdWords e o YouTube Analytics.

Ele também suporta ferramentas populares de BI, como Tableau e Google Data Studio, sem a necessidade de configurações adicionais. Assim, você pode criar relatórios e painéis rapidamente e obter uma análise completa de seus dados.

Como você pode perceber, o BigQuery é uma ferramenta de análise de Big Data de alto desempenho e flexibilidade. Sem falar que ele é fácil de ser utilizado e não requer mudança de infraestrutura nem monitoramento específico.

Além disso, você paga conforme o uso. Dessa forma, não é preciso altos investimentos iniciais para desfrutar do melhor da análise de dados.

Agora que você já está por dentro de como obter análise assertivas com essa ferramenta incrível, aproveite para conhecer 5 dicas essenciais para usar o Google Analytics!

 

Photo by rawpixel.com from Pexels

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: