LGPD: como a nuvem pode ser uma aliada na adequação à nova lei

Home Cloud Computing
LGPD: como a nuvem pode ser uma aliada na adequação à nova lei

LGPD: como a nuvem pode ser uma aliada na adequação à nova lei

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é um novo e abrangente regulamento de proteção de dados que entra em vigor a partir de 2020. Aplica-se amplamente às organizações que coletam e processam informações pessoais de indivíduos residentes no Brasil. Nesse momento, em que a estratégia de muitos negócios está amplamente baseada em Big Data, esse é assunto que requer especial atenção.

Adequar-se à LGPD é uma necessidade urgente, visto que o não-cumprimento do regulamento pode render severas punições em caso de vazamentos. Por isso, cabe a pergunta:

Continue a leitura para entender como a nuvem pode ser uma aliada na adequação à essa nova lei!

Maior proteção contra ciberataques com a LGPD

A nuvem é, comprovadamente, uma ótima solução contra ciberataques. Ao utilizar os serviços de uma consultoria em tecnologia especializada em serviços de computação em nuvem, sua empresa passa a contar com soluções avançadas de segurança, além de ferramentas capazes de detectar e evitar os mais diversos tipos de ameaças.

Vale lembrar que pequenas e médias empresas são os principais alvos de ciberataques. Isso acontece justamente ao fato delas serem mais vulneráveis. Já que, em sua maioria, não contam com ferramentas de proteção mais avançadas.

As melhores empresas especializadas em serviços de Cloud ainda contam com profissionais de segurança especializados para garantir a segurança dos dados armazenados na nuvem.

Além disso, soluções como o Google Cloud Platform usam criptografia para proteger os dados em trânsito e em repouso. Assim, você tem total proteção dos seus dados pois, mesmo que eles sejam interceptados, estarão ilegíveis para terceiros.

Controle de acesso

Nem todo vazamento de dados é decorrente de ataque externo. Muitas vezes, colaboradores mal-intencionados podem acessar dados indevidos para obter benefício próprio ou, simplesmente, prejudicar a empresa.

Por isso, a LGPD determina que as empresas devem adotar medidas com o objetivo de não causar ao titular qualquer tipo de dano, como acesso aos dados por pessoas não autorizadas, destruição ou alteração indevida, etc.

Os melhores provedores de nuvem podem ajudar sua empresa nesse sentido, oferecendo soluções de acesso, autenticação, bloqueio e restrições.

Você pode, por exemplo, controlar o acesso por horário, criar um limite de tempo de acesso e limitar o tempo que o usuário pode ficar ocioso antes de ser desconectado.

Além disso, é possível controlar e restringir o acesso através do IP, bem como o acesso aos dispositivos móveis, criar políticas de senhas mais seguras de forma rápida, fácil e gerenciável.

Identificação dos dados armazenados

A LGPD dá aos consumidores o controle total sobre seus dados pessoais. Assim, dentre outras coisas, eles podem exigir saber quais de seus dados as empresas possuem, onde estão armazenados e para que estão sendo utilizados.

Além disso, a lei garante ao usuário a possibilidade de realizar a portabilidade de seus dados para outra empresa e também o direito de ser esquecido, ou seja, ter seus dados eliminados.

Por isso, para se adequar à LGPD, sua empresa precisa contar com ferramentas de gerenciamento que forneçam respostas rápidas e precisas.

A nuvem facilita essas atividades, visto que você passará a contar com todos os dados armazenados de forma centralizada. Ademais, as melhores soluções em nuvem oferecem soluções para pesquisa e gerenciamento de dados.

A solução Google Cloud Platform, por exemplo, oferece ferramentas como o Google Vault, que permite que você retenha, arquive, pesquise e exporte os e-mails, o conteúdo dos arquivos do Google Drive, etc.

Google Cloud Search é outra ferramenta que permite manuseio total das informações armazenadas no G Suite a partir de qualquer dispositivo.

Notificações de incidentes

A LGPD determina que as empresas que armazenam e processam dados pessoais devam comunicar à autoridade nacional e ao titular a ocorrência de incidente de segurança que possa acarretar risco ou dano relevante aos titulares em prazo razoável.

Soluções como o Google Cloud Platform apresentaram compromissos contratuais relacionados à notificação de incidentes. Assim, você receberá notificações imediatas sobre acontecimentos que envolvam seus dados e sua empresa poderá proceder como recomenda a lei.

Agora, que você já sabe como a Cloud Computing pode ser uma aliada na adequação da sua empresa à LGPD, você tem mais um motivo para migrar para a nuvem!

Se você ainda não sabe como, então descubra como a SantoDigital pode ser uma aliada na sua migração para a nuvem.

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: