Google Cloud Dataproc: conheça o serviço de Big Data do Google

Home Google Cloud Platform
Google Cloud Dataproc: conheça o serviço de Big Data do Google

Google Cloud Dataproc: conheça o serviço de Big Data do Google

O Google acaba de lançar mais um produto, que está na versão beta, para se juntar a sua família: o Google Cloud Dataproc. Este produto vai trazer às empresas mais velocidade, rapidez, menos complexo e com características robustas na manipulação de dados por um custo muito menor, comparado aos produtos semelhantes no mercado.

Se a sua empresa já utiliza o Google Cloud ou não conhece este produto e quer saber mais sobre o Google Cloud Dataproc, fique tranquilo! Acompanhe o nosso post de hoje.

O que é Google Cloud Dataproc?

O Google Cloud Dataproc é mais um produto do Google, que oferece uma plataforma de serviços que permite o gerenciamento e manipulação de grandes volumes de dados e clusters. Sua empresa poderá trabalhar com diversos serviços em nuvem já conhecidos do Google, que estão integrados no Cloud Dataproc como : Cloud Storage, Cloud SQL, Translate API, Big Query, etc.

Como funciona a plataforma?

Esta plataforma em nuvem é aberta e suporta o gerenciamento de grandes volumes de dados, permitindo que as empresas possam gerenciar, criar e desligar com mais rapidez o clusters. As empresas podem ter acesso aos diversos e mais variados serviços que o Google disponibiliza em sua plataforma em nuvem. Com ele a empresa terá um ganho de produtividade e eficiência muito grande, por ser veloz, além de pagar somente pelos serviços consumidos, o que resulta na redução de aproximadamente de 70% dos custos em relação a outros produtos do mercado.

Qual é a estrutura do Google Cloud Dataproc?

A estrutura do Google Cloud Dataproc consiste em oferecer aos usuários os mesmos recursos e serviços que o Google Cloud Platform, porém com algumas melhorias como:

  • Hospedagem e programação;
  • Armazenamento (Cloud Storage, Cloud SQL, Cloud Datastorage);
  • Big Data (Big Query);
  • Serviços (Cloud Endpoints, Translate API, Prediction API).

Esta plataforma possui uma estrutura bem simples, o que facilita a utilização dela pelo usuário, no momento de gerenciar os clusters. Por isso para quem já utiliza o Google Cloud, não precisa se preocupar com a adaptação dos usuários para a migração para o produto novo. Como ele traz serviços já muito conhecidos a sua utilização será intuitiva, e o usuário não terá a necessidade de estudar ou aprender o funcionamento de cada integrante da plataforma, dispensando assim um investimento para treinamentos.

Qual é o seu diferencial?

As características que o diferencia dos outros produtos oferecidos por outras empresas são:

  • Gerenciamento de Clusters automatizados, controle, manipulação e gerenciamento não somente de clusters, mas também de dados.
  • Clusters redimensionáveis com velocidade, e variedade de tipos de máquina virtuais, tamanhos de disco, opções de rede, etc.
  • Integração com diversos produtos em nuvem do Google.
  • Ferramentas de desenvolvimento, com uma interface para o usuário gerenciar os clusters na Web (Cloud SDK Google, APIs RESTful e acesso SSH ).
  • Ações de inicialização, com execução de scripts e bibliotecas necessários para a criação de clusters.
  • Configuração automática tanto do hardware como o software.
  • Preço cobrado somente pelo serviço utilizado, resultado na redução de cerca de 70% nos custos.
  • Aumento na produtividade e na eficácia dos serviços, o gerenciamento dos dados leva pouco tempo para serem manipulados, o que reduz o tempo gasto para o trabalho.

Estas foram algumas informações sobre o Google Cloud Dataproc que trouxemos aqui para você conhecer este serviço em versão beta. E para aqueles que já utilizam o Google Cloud Platform, será interessante testar este novo produto, pois a sua empresa se beneficiará com as melhorias e novidades que ele oferece.

Já conhecia o Cloud Dataproc do Google? Já testou esta nova plataforma? Quais são suas expectativas com este produto? Deixe seus comentários e sugestões aqui!

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: