4 formas de migrar para a nuvem sem perder o ritmo na empresa

Home Big Data
4 formas de migrar para a nuvem sem perder o ritmo na empresa

4 formas de migrar para a nuvem sem perder o ritmo na empresa

A Cloud Computing se consolidou no mercado como uma solução essencial para as empresas que desejam se manter competitivas nos dias de hoje. Tanto que não é exagero dizer que migrar para a nuvem deixou de ser uma opção interessante e passou a ser algo necessário.

O tempo mostrou que as vantagens anunciadas sobre essa tecnologia na época de seu surgimento não eram exageradas. Ela, de fato, oferece a flexibilidade e a escalabilidade necessárias que toda empresa moderna precisa.

Além disso, a nuvem estende o acesso às tecnologias empresariais mais inovadoras do mercado – como Big Data, Machine Learning, Internet das Coisas, Inteligência Artificial, etc.

Se, depois de todos esses argumentos, você ainda não estiver convencido sobre a necessidade de migrar para a nuvem, continue acompanhando esta leitura!

Benefícios de migrar para a nuvem

Sem dúvidas, um dos maiores atrativos da nuvem continua sendo a economia de custos. Para a grande maioria dos recursos, as empresas pagam apenas pelo que realmente utilizam. Essa é uma grande vantagem em relação ao modelo On Premise, no qual é necessário realizar um pesado investimento em hardware, manutenção, licenças, etc.

A segurança da informação é outro ponto de destaque da nuvem. Essa tecnologia oferece diversas soluções que ajudam as empresas a manterem seus dados seguros diante dos mais variados tipos de ameaças.

Finalmente, a nuvem oferece a escalabilidade necessária para que as empresas possam aumentar e reduzir suas cargas de trabalho conforme a demanda, de maneira rápida e fácil.

Diante desses e outros benefícios, muitos gestores ainda ficam receosos quanto ao processo de migração.

De fato, trata-se de um procedimento complicado que, quando mal executado, pode comprometer toda a infraestrutura de TI e causar muito tempo de inatividade. No entanto, isso não significa que é preciso hesitar em migrar para a nuvem.

Apenas ressalta a necessidade de fazer a migração de forma racional e planejada para realizar todo o processo sem a empresa perder o ritmo. Como? Descubra a seguir!

1. Faça um inventário de todos os ativos

Migrar para a nuvem pode envolver dezenas ou centenas de ativos diferentes. Se algum deles for esquecido ou excluído durante o processo, a transição e a infraestrutura de TI serão comprometidas.

Por isso que é importante criar um inventário abrangente. Identifique tudo o que é necessário para fazer a mudança, criando um plano de migração que acomode esses diversos ativos.

2. Adote uma abordagem holística

Todas as etapas da migração devem ser uma oportunidade de aprimoramento. Por exemplo, pode ser possível reduzir o número de funções de servidor, aproveitando os recursos da nuvem, principalmente, para fins de continuidade de negócios e recuperação de desastres.

Migrar para a nuvem não se resume a transferir os processos realizados localmente para os servidores do provedor de nuvem. Essa é uma oportunidade para rever e aprimorar os fluxos de trabalho e torná-los muito mais efetivos.

3. Analise todas as opções

Algumas pessoas acreditam que todo processo de migração para a nuvem é igual. No entanto, isso não é verdade. Existem várias maneiras de realizar esse procedimento. Portanto, busque as melhores soluções para a sua empresa analisando aspectos como ferramentas, tipo de nuvem, provedor, etc.

Dentre as várias abordagens, você pode adotar, por exemplo, o CloudEndure. Essa é uma ferramenta de migração muito eficiente e que pode ser utilizada gratuitamente se você adotar a Google Cloud Platform. Isso pode ajudá-lo a reduzir drasticamente os custos durante o processo.

4. Conte com assessoria especializada

Como ressaltamos anteriormente, migrar para a nuvem é um processo complexo, que se malsucedido pode causar perdas significativas para as empresas. Por isso, a migração deve ser planejada e executada por pessoas especializadas e experientes na realização dessa atividade.

Dessa forma, sua empresa poderá efetuar a transição de maneira fluída e sem interrupções. E mais importante, com total segurança.

Agora que você já sabe como migrar para a nuvem sem perder o ritmo, não deixe de verificar como a Santo Digital pode ajudar a sua empresa nesse processo!

 

 

Business photo created by natanaelginting – www.freepik.com

Receba todas novidades


    Veja mais conteúdos: